Cuiabá, 13 de Novembro de 2019

CIDADES
Sábado, 19 de Outubro de 2019, 09h:15

AGENDA EM BRASÍLIA

Ao conhecer Siminina, Ministra diz que Cuiabá será 'capital nacional da menina'

Única News
Da Redação

Assessoria

Durante a audiência no Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, esta semana, a ministra Damares Alves disse à primeira-dama Márcia Pinheiro, que Cuiabá será “a capital nacional da menina”. A afirmação foi feita após a apresentação do Programa Siminina à equipe ministerial do Governo Federal.

A equipe da Prefeitura de Cuiabá apresentou o vídeo institucional do programa que existe há mais de 20 anos, além de disponibilizar o press kit com todas as ações voltadas às mais de mil meninas atendidas pelo munícipio.

“Que incrível esse programa. Eu acredito muito que precisamos trabalhar na infância, promover uma revolução cultura. O Brasil é o pior país da América Latina para se crescer menina e ver projetos como esse me faz ter esperança. Cuiabá pode será a capital nacional da menina nesse caminho”, afirmou.

A atual administração municipal tem empregado outra roupagem no Siminina desde o início da gestão. Antes visto pelos pais e responsáveis como apenas um local de recreação infantil no contra turno para deixar seus filhos, hoje o programa passa a contar com o maior conjunto de ações de sua história.

“Preocupamos em promover atividades e ações que impactarão na vida dessas meninas no futuro para que possam se tornar grandes mulheres, com maior independência e empoderamento. Essa também é uma política voltada à mulher porque estamos trabalhando na base, como a ministra falou, promover uma revolução cultura é necessária na infância”, disse a primeira-dama.

As atividades realizadas nas 16 unidades espalhadas pela cidade conta com aulas de ballet, inglês, plantio de hortifrúti, artesanato, alfabetização (reforça escolar), fanfarra, judô, dança regionais, entre muitos outros.

O atendimento pela cidade passou de 980 simininas, em 2017, para 1.200 meninas, em 2019, com a inauguração da unidade rural do Distrito do Sucuri e a ampliação da unidade Santa Izabel que passa atender a região do Jardim Fortaleza.

Além disso, a sensibilidade da primeira-dama, baseada em cartas escritas por Simininas de último ano, fez a prefeitura estender o atendimento até os 15 anos (antes até os 14) onde no último ano é feito o trabalho de capacitação profissional com cursos de informática básica e intermediária, o chamado Siminina Digital.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE