Cuiabá, 21 de Agosto de 2019

CIDADES
Terça-feira, 23 de Abril de 2019, 08h:31

90 LEITOS DE ENFERMARIA

Prefeito inaugura nova etapa do HMC e ministro assina aporte de R$ 48 milhões

ÚnicaNews
Com assessoria

(Foto: Gustavo Duarte/Prefeitura de Cuiabá)

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) inaugurou uma nova etapa do novo Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), na tarde dessa segunda-feira (22), com a presença de autoridades federal, estadual e municipal. Um deles, foi o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, que aproveitou sua vinda à Capital e conheceu a unidade. 

Foram inaugurados 90 leitos da enfermaria clínica da unidade hospitalar, que já está aberta para o público. 

Além dos 90 leitos de enfermaria clínica, foram inaugurados também no HMC a farmácia satélite, o laboratório de análises clínicas e o refeitório. O ambulatório está funcionando desde fevereiro, com consultas marcadas pela Central de Regulação nas seguintes especialidades: ginecologia, mastologia e ginecologia cirúrgica, cardiologia, dermatologia, clínico em saúde mental, endocrinologia, ortopedia geral e ortopedia de quadril e joelho.

Para aproveitar a presença do ministro em Cuiabá, o prefeito mudou a data da inauguração dos leitos para que Mandetta participasse da cerimônia. Nem a forte chuva que caiu no horário previsto para a inauguração espantou o grande número de pessoas que foram prestigiar o evento, entre servidores da saúde, funcionários da prefeitura e população em geral.

(Foto: Gustavo Duarte/Prefeitura de Cuiabá)

Inauguração HMC

 

Além de prestigiar a inauguração dos leitos de enfermaria, o ministro da Saúde trouxe uma importante novidade: assinou uma portaria para um aporte financeiro para o Hospital Municipal de Cuiabá, no montante de R$ 48 milhões, que serão usados para o custeio da unidade neste primeiro ano de funcionamento.

“Tive uma série de problemas para conseguir estar em Cuiabá hoje, mas fiz questão de vir. Estamos no mundo em busca da felicidade e a população de uma cidade não consegue ser feliz sem ter um sistema de saúde organizado. Não podemos deixar de pensar em investir na atenção básica também, para diminuir a quantidade de pacientes na média e alta complexidade. Com a Atenção Básica entrando nos eixos também, Cuiabá será a capital da Saúde do Centro Oeste", disse o ministro.

O deputado federal Emanuel Pinheiro Neto foi um dos parlamentares que estiveram presentes à solenidade e falou sobre a vontade de seu pai, prefeito Emanuel Pinheiro de transformar a realidade da saúde pública da capital. “Sabemos que 60% dos atendimentos no Pronto Socorro Municipal são de pacientes do interior do estado, e ninguém deixa de ser atendido. O empenho do prefeito em inaugurar o Hospital Municipal de Cuiabá mostra o seu espírito republicano e demonstra a preocupação dele com as pessoas que dependem dos serviços do SUS na capital", destacou o deputado.

Mauro Mendes, governador do Estado lembrou-se de quando começou a sonhar com a construção do HMC, em 2013, quando ainda era prefeito de Cuiabá. Disse que está muito feliz em ver esse sonho se concretizando. “O somatório de esforços permitiu que estivéssemos aqui hoje, inaugurando esses leitos que vão ajudar a salvar muitas vidas. Este hospital oferecerá para nossa população o tratamento com respeito e dignidade que nosso povo merece”, comentou.

(Foto: Gustavo Duarte/Prefeitura de Cuiabá)

Inauguração HMC

 

Na solenidade, o prefeito agradeceu a todos os presentes e fez questão de lembrar que o hospital estava no programa de governo do então prefeito Mauro Mendes (DEM).

“Quando me tornei prefeito, como um gestor bem intencionado, decidi dar continuidade a esta obra, mesmo enfrentando muitos obstáculos. Agradeço o esforço e a competência da equipe técnica da Secretaria Municipal de Saúde, bem como do Conselho Municipal de Saúde, sem os quais não teríamos conseguido terminar em tempo recorde o projeto do hospital, para ser apresentado no Ministério da Saúde e deste modo obter os recursos necessários para a conclusão da construção e aquisição dos equipamentos para o HMC. Hoje temos um hospital público que não deixa nada a desejar aos hospitais privados que temos aqui”, ressaltou Emanuel.

Galeria de fotos:


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE