Cuiabá, 14 de Dezembro de 2019

CIDADES
Segunda-feira, 02 de Julho de 2018, 07h:58

CUIABÁ

Prefeitura altera data de interdição da Ponte Benedito Figueiredo para esta terça

Da Redação

(Foto: Sicom;Luiz Alves)

ponte benedito figueiredo-luiz alves.jpg

 

Foi adiada de segunda-feira (02) para esta terça-feira (03), a interdição da Ponte Professor Benedito Figueiredo, na Avenida Engenheiro Quidauguro, ligando os bairros Coophema e Praeirinho. 

 

A partir das 6h, o local será bloqueado pela Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob), para que o serviço de reestruturação da estrutura tenha continuidade. A orientação da Secretaria é que os condutores que passam pela região redobrem a atenção.  

 

Conforme o diretor de Trânsito, Michell Diniz, a mudança na data foi necessária devido redução do número de servidores que trabalharão na segunda-feira, por conta do decreto que estabelece ponto facultativo, em virtude da partida da Seleção Brasileira pela Copa do Mundo da FIFA 2018.. Esta seria na gestão de Pibheiro a terceira interdição para reformas em sua estrutura.

 

 

“Adiamos em um dia, visto que no dia que estva programado inicialmente foi assegurado o ponto facultativo. Portanto, não teremos o efetivo necessário para a intervenção”, afirma Diniz. 

 

O secretário municipal de Mobilidade Urbana, Antenor Figueiredo, conta que o prazo da interdição deve ser de até 15 dias. Durante esse período, o secretário recomenda a atenção redobrada dos condutores para as sinalizações. 

 

“Essa é uma interdição considerada importante. Como não há rotas de desvios, teremos um gargalo nas Avenidas Beira Rio e Fernando Correa da Costa. Os locais próximos aos bloqueios serão sinalizados e a Semob dará total apoio, através também dos nossos agentes de trânsito”, finaliza Antenor.

 

Obra

 

A obra da ponte Benedito Figueiredo é de responsabilidade do Governo do Estado, por meio da Secid. Porém, a pasta rompeu o contrato com a empresa A.I. Fernandes Serviços de Engenharia, por não cumprir o prazo de finalização que eram de 90 dias.

 

O trabalho de reconstrução da cabeceira da ponte foi reiniciadas em janeiro pela empresa Conenge Construção Civil LTDA., vencedora do processo licitatório de caráter emergencial realizado pela Secretaria. A empresa tem até 90 dias para a conclusão, ao custo de R$ 514,4 mil.

 

A construção da ponte foi idealizada para a Copa do Mundo de 2014 e teve orçamento final de R$ 5,83 milhões. O objetivo da obra, que liga as avenidas Beira Rio à Quindauguro Fonesca, é desafogar o trânsito na Avenida Fernando Corrêa, uma das principais de Cuiabá.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE