Cuiabá, 27 de Junho de 2019

COMPORTAMENTO
Quarta-feira, 15 de Maio de 2019, 15h:02

CASAMENTO

Qual é a idade certa para casar? A ciência responde

Segundo estudo, casais que optam casar entre os 28 e 32 anos têm um risco menor de se divorciarem (pelo menos nos cinco primeiros anos de união)

Notícias ao Minuto

(Foto: DR)

Será que existe alguma fórmula para determinar a idade ideal para casar? Um estudo conduzido  pela Universidade de Utah, nos Estados Unidos, sugere que casais que se casam entre os 28 e 32 anos de idade têm poucas chances de se divorciar, pelos menos nos primeiros cinco anos de união.

Para efeitos da pesquisa, o sociólogo e líder do estudo, Nick Wolfinger, analisou dados de 2006 a 2010 e 2011 a 2013 da Pesquisa Nacional de Crescimento Familiar norte-americana. Examinando detalhadamente os números, identificou que a probabilidade de uma separação nessa faixa etária é a mais baixa. Porém, após os 32 anos, o risco de divórcio aumenta cerca de 5% a cada ano.

O estudo explica as razões pelas quais não é bom optar pelo matrimônio nem muito cedo, nem muito tarde. Primeiro, a maturidade, já que pessoas têm idade suficiente para entender se realmente querem compartilhar a vida com alguém ou se apenas estão sendo ‘controladas’ pelas hormônios ou pelo desejo sexual.

Em segundo lugar, quem está nessa faixa etária, geralmente, já fez as suas escolhas de vida, carreira e assumiu algumas responsabilidades. Além disso, já tem a vida financeira estabilizada o suficiente para contemplar e apoiar seu cônjuge no que for preciso.

Por outro lado, estes indivíduos também não são tão velhos, que os seus hábitos estejam tão consolidados e não possam fazer pequenos ajustes no estilo de vida, que o casamento requer. Mais ainda, provavelmente, não têm ex-maridos e mulheres e filhos de outras relações para dividir o tempo e recursos.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE