Cuiabá, 20 de Outubro de 2019

POLÍCIA
Sexta-feira, 22 de Março de 2019, 14h:52

EM MATUPÁ

Advogado que tatuou rosto do Lula e Marielle sofre retaliação com tiros na porta de casa

Claryssa Amorim
Única News

(Foto: Reprodução/Facebook)

O ativista político e advogado, Paulo Lemos, registrou um boletim de ocorrência, na noite dessa quinta-feira (21), após sofrer uma possível "retaliação" em sua residência no município de Matupá (a 696 km de Cuiabá).

O ativista tatuou recentemente o rosto da Marielle Franco, assassinada no Rio de Janeiro, e do Lula, que está preso, nos braços.

De acordo com o boletim de ocorrência, por volta das 20h, a esposa do advogado, que estava em casa, ligou para Paulo dizendo que teria ouvido tiros. Ela relatou ainda para o marido que, inicialmente, achou que poderia ser fogos de artifícios, mas percebeu que não era ao sair para fora. 

No quintal, ela disse que viu faíscas por cima do muro, mas não conseguiu ver ninguém. Rapidamente, Paulo foi até a sua casa e ao chegar no local, mas também não encontrou ninguém. 

Para o advogado, a retaliação pode ser por conta de ser ativista político, além das tatuagens, que repercutiu na imprensa Estadual. Sendo assim, resolveu registrar boletim de ocorrência. 


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE