Cuiabá, 16 de Setembro de 2019

POLÍCIA
Sexta-feira, 05 de Julho de 2019, 09h:12

EM GENERAL CARNEIRO

Cacique é suspeito de estuprar menina indígena de 9 anos e acaba preso

Única News
Da Redação

(Foto: Polícia Militar)

Um cacique, de 35 anos, foi preso nesta quinta-feira (4), acusado de estuprar uma menina indigena de 9 anos, da Tribo São Marcos em General Carneiro (a 449 km de Cuiabá).

De acordo com o boletim de ocorrência, o cacique da tribo teria saído da aldeia com a menina no período da manhã e só retornado por volta das 22h de quinta-feira (4).

Ele teria usado da posição líder da comunidade para ganhar confiança da família da menina, que relatou ter sido estuprada 3 vezes pelo homem.

Segundo relatos da família da vítima, quando a menina chegou em casa, reclamou de dores no órgão genital para a mãe, que percebeu marcas de sangue na calcinha da menina.

Em seguida, ela foi levada pela mãe e por uma enfermeira da Casa de Saúde Indígena (Casai) para a Unidade de Pronto-Atendimento, onde passou por exames.

A equipe médica de plantão confirmou a consumação do estupro e acionou a Polícia Militar e o Conselho Tutelar. O cacique foi encontrado dormindo. Foi preso e encaminhado para a delegacia, onde foi autuado por estupro de vulnerável.

Conforme a Polícia Militar de Barra do Garças (a 516 km de Cuiabá), a agressão contra a criança foi comprovada pelo exame pericial do Instituto Médico Legal (IML).


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE