Cuiabá, 23 de Setembro de 2019

POLÍCIA
Quinta-feira, 25 de Julho de 2019, 15h:01

POR FALTA DE PROVAS

Ex-presidiário acusado de estuprar adolescente de 16 anos é solto

Única News
Da Redação

(Foto: Divulgação/PMMT)

Waldeir Pinto de Moura, de 27 anos, acusado de ter estuprado e ameaçado um garoto de 16 anos, na última segunda-feira (22), no bairro Jardim Industriário II, em Cuiabá, foi solto por falta de provas no mesmo dia de sua prisão.

No dia do crime, Waldeir, que é ex-presidiário, obrigou o adolescente a ter relação sexual com ele no meio da rua. No momento do estupro, a vítima foi espancada e recebeu várias ameaças do suspeito, envolvendo seus familiares.

Segundo a Polícia Civil, o caso foi encaminhado à Delegacia Especializada de Defesa da Criança e do Adolescente (Deddica). Waldeir já havia sido preso em setembro de 2018, por aliciar crianças.

O caso

De acordo com o boletim de ocorrência, uma denúncia anônima informou que um menor estava sendo estuprado no meio da rua. Ao chegar no local informado, a Polícia Militar encontrou Valdeir Pinto Moura obrigando o menino a ter relação sexual com ele.

À polícia, a mãe do adolescente disse que na noite de domingo (21) o acusado chegou a ligar para ela procurando o menino. Ele foi até a residência da vítima e não o encontrou e, em seguida, começou a perseguir até amigos à procura dele.

O menino disse que ele já havia sofrido outro estupro há seis meses e que também teria sido perseguido pelo ex-presidiário. A mãe disse que o adolescente já tentou suicídio algumas vezes.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE