Cuiabá, 11 de Dezembro de 2019

POLÍCIA
Sábado, 29 de Junho de 2019, 08h:56

HOMICÍDIO ESCLARECIDO

Jovens e adolescente de 12 anos são detidos por morte de homem após briga por dívida

Única News
Com assessoria

(Foto: Divulgação/PJC)

Quatro jovens, um deles menor de idade, envolvidos em um homicídio ocorrido em São Félix do Araguaia, foram identificados e presos pela Polícia Judiciária Civil, na sexta-feira (28), menos de 24 horas após o crime. Dois deles, J.M.C., de 19 anos, e o adolescente, K.G.F.S., de apenas 12 anos, foram detidos em flagrante e posteriormente tiveram as ordens de prisão preventiva e de internação provisória decretadas pela Justiça.

Quando foram localizados, os outros dois identificados, C.E.A.F., de 18 anos, L.R.R.P., de 19 anos,  já estavam com ordens de prisão temporária decretadas, com base nas investigações da Delegacia de São Félix do Araguaia, sendo as os mandados judiciais devidamente cumpridos.

O crime que vitimou B.M. ocorreu na madrugada de 27 de junho, no bairro Jardim das Florestas. Segundo as investigações, o crime foi motivado por uma desavença possivelmente causada por uma dívida de drogas.

Para praticar o crime, o grupo de jovens autores chamou a vítima até uma região afastada da cidade, com o argumento de usarem entorpecentes. No local, os suspeitos executaram a vítima com 11 facadas.

Logo que foi acionada do bárbaro crime, os policiais da Delegacia de São Félix do Araguaia iniciaram as diligências que perduraram pela madrugada e decorrer do dia seguinte, sendo J.M.C., o primeiro a ser localizado. O suspeito sofreu algumas lesões durante a execução do homicídio e se passou por vítima para dar entrada no Hospital da cidade.

Na sequência, seguindo indícios e informações de onde estariam os demais envolvidos, duas equipes se dividiram e saíram em buscas dos suspeitos, conseguindo localizar pouco tempo depois o menor K.G.F.S., que foi autuado em flagrante pela prática do ato infracional.

Com base nas investigações que identificaram todos os envolvidos, a delegada de São Félix do Araguaia, Ana Carolinne M. Lacerda Terra, representou pela conversão do flagrante de J.M.C. em prisão preventiva, pela internação provisória do menor K.G.F.S. e, pela prisão temporária dos demais, C. E. A. F. e L. F. R. P. que, até então, ainda não haviam sido localizados.

Em continuidade as diligências, os outros dois suspeitos que estavam foragidos foram localizados, ocasião em que as ordens judiciais já haviam sido deferidas, sendo efetivamente cumpridas.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE