Cuiabá, 19 de Setembro de 2019

POLÍCIA
Terça-feira, 06 de Agosto de 2019, 11h:42

EM VÁRZEA GRANDE

Polícia desarticula grupo que furtava energia em garimpo

Única News
Com assessoria

(Foto: Reprodução)

A Polícia Civil, através da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf-VG), desarticulou um esquema de furto de energia que estava ocorrendo em um garimpo, na região do bairro Vila Sadia, no município. A ação resultou na prisão em flagrante do sócio-proprietário do garimpo R.S.B., de 34 anos, por furto de energia.

As investigações iniciaram após a equipe da Derf-VG receber informações sobre uma propriedade agrícola em que estaria ocorrendo o crime de furto de energia. Com base na denúncia, os policiais da Derf acompanhados das equipes da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e da Energisa foram até o local, onde foi constatada a perda considerável de energia.

De acordo com as verificações, uma rede trifásica estava direcionada para o interior do garimpo, porém no sistema da Energisa estava registrado apenas uma ligação monofásica no local, sendo constatada a prática ilícita.

O sócio-proprietário do garimpo estava no local e questionado afirmou que contratou uma empresa para instalar toda a rede elétrica e também para dar entrada na autorização de funcionamento na Energisa, porém o procedimento ainda estava em andamento administrativo.

De acordo com o delegado, Guilherme Bertoli, o sócio-proprietário tinha ciência que estava utilizando a energia de maneira ilícita, uma vez que a rede trifásica instalada sem autorização de funcionamento, subtraia energia elétrica e alimentava os geradores do garimpo, sem qualquer medição.

“Comprovou-se a ligação clandestina e subtração de energia elétrica considerável, uma vez que os geradores elétricos funcionam por 24 horas durante todo mês”, destacou o delegado.

Diante das evidências, o suspeito foi conduzido a Derf-VG, onde após ser formalmente interrogado foi autuado em flagrante pelo crime de furto de energia, sendo arbitrada a fiança no valor de R$ 40 mil ao flagranteado. A fiança foi paga pelo suspeito que responderá pelo crime em liberdade.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE