Cuiabá, 27 de Junho de 2019

POLÍCIA
Quarta-feira, 17 de Abril de 2019, 14h:32

FISCALIZAÇÃO

Procon alerta que ovos de páscoa estão com peso menor e mais caros

ÚnicaNews
Com assessoria

(Foto: Divulgação/Procon-MT)

Os ovos de Páscoa infantis estão com gramatura menor e mais caros do que em anos anteriores. Isso é o que aponta a pesquisa de preços realizada pela Coordenadoria de Fiscalização, Controle e Monitoramento de Mercado do Procon Estadual. A coleta de preços foi realizada em 30 estabelecimentos comerciais de Cuiabá, entre os dias 28 de março e 12 de abril deste ano.

De acordo com o Relatório de Páscoa 2019, os ovos destinados ao público infantil apresentaram redução de 8% a 33% na gramatura (peso), se comparado aos números registrados em 2018. Mas o tamanho menor não significou preços reduzidos, pelo contrário, a pesquisa aponta que os ovos para as crianças estão, em média, 10% mais caros do que no ano passado.

Para a coordenadora de Fiscalização, Controle e Monitoramento, Jéssica Amorim, a redução da gramatura dos ovos de Páscoa revela que a indústria do chocolate vem se utilizando de outras estratégias, que não o preço. “É necessário redobrar a atenção no momento das compras, pois o preço  está mais alto em razão do brinde que vem junto e não do chocolate, que seria o principal em se tratando da data”.

Essa relação desvantajosa entre peso/preço fica ainda mais evidente ao comparr ovos de Páscoa às barras, tabletes ou caixas de chocolate. Exemplo disso é Ovo Lacta Bis (tradicional) de 318 gramas, que é encontrado no comércio nessa época com preços de até R$ 49,99. Já a caixa de Bis de 126g, pode ser adquirida por R$4,87. Ou seja, com o valor do ovo é possível comprar 10 caixinhas de Bis, mais de um quilo de chocolate.

Entre os produtos destinados ao público adulto monitorados este ano, o Procon-MT identificou variações de preços que chegam a 18%. É o caso do Ovo Lacta Diamante Negro/ Laka, de 575 gramas, o qual vem sendo comercializado entre R$ 65 e R$ 78,90 - uma diferença de R$ 13,90.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE