Cuiabá, 18 de Setembro de 2019

POLÍTICA
Quinta-feira, 09 de Maio de 2019, 19h:26

EX-DEPUTADOS USARAM VEÍCULO INDEVIDAMENTE

AL calcula gasto e enviará conta para Daltinho, Fabris e Savi pagar

Fernanda Nazário
Única News

Divulgação

Os ex-deputados Mauro Savi (DEM), Adalto Freitas (Patriota), o Daltinho, e Gilmar Fabris (PSD), terão que devolver o dinheiro gasto pelo uso indevido dos veículos oficiais da Assembleia Legislativa. Eles não foram reeleitos no último pleito e mesmo assim ficaram com os carros da Casa de Leis, que deveriam ter sido entregues no início do ano.

Em nota, a Assembleia não cita nomes, mas informa que os carros já foram devolvidos, no entanto, a situação não vai ficar por isso mesmo. A Secretaria Geral da Assembleia está calculando o custo adicional exato com a empresa responsável pela locação dos veículos e, após a consolidação dos débitos, será elaborado um acordo com os devedores para garantir o pagamento dos gastos irregulares.

“Os responsáveis deverão efetuar o pagamento por meio de depósito identificado à Assembleia. Caso não assinem o acordo, a Procuradoria deverá propor uma ação judicial de cobrança e ressarcimento”, explicou o procurador-geral da Casa, Grhegory Paiva Pires.

Grhegory ainda pontou que todos os deputados, durante o exercício de seu mandato, podem ter um veículo à disposição, pois o automóvel ‘visa garantir a execução das atividades parlamentares’.

Para acompanhar os gastos públicos e atividades parlamentares, o procurador orienta a população a acessar o Portal Transparência, disponível no site do Assembleia. Ao fim da nota, o convite é reforçado pela presidente da Casa, Janaína Riva (MDB).

“É um dever da população acompanhar e fiscalizar e, para isso, temos o Portal Transparência, o site, a TV Assembleia, a Rádio Assembleia, a Ouvidoria e as redes sociais. Todos os instrumentos possíveis estão à disposição do cidadão para que ele acompanhe o trabalho dos deputados eleitos”, destaca a emedebista.

 

 


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE