Cuiabá, 26 de Junho de 2019

POLÍTICA
Sexta-feira, 14 de Junho de 2019, 16h:18

INSFRAESTRUTURA

Em Rondonópolis, ministro garante prioridade para Ferrovia Integração Centro-Oeste

Euziany Teodoro
Única News

Cristiano Antonucci

O ministro dos Transportes, Tarcísio Gomes, está em Mato Grosso, nesta sexta-feira (14), onde visitou a Ferrovia Vicente Vuolo, em Rondonópolis (a 212 km de Cuiabá) e garantiu que o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), vê com prioridade a Ferrovia Integração Centro-Oeste (Fico) em Mato Grosso.

“Mato Grosso é uma prioridade ao presidente. Pela pungência, pelo potencial. Quando a gente vem é tomado pelo senso de urgência e muitas coisas estão sendo planejadas. Vai ser o estado que vai receber a maior quantidade de investimentos”, disse.

A previsão, segundo Tarcísio, é que o contrato para a construção da Fico seja assinado ainda este ano.

A FICO é um dos projetos de ferrovias mais adiantados em Mato Grosso. Ao todo, o projeto prevê a construção de 1.641 quilômetros de trilhos. Ela nasce em Campinorte (GO) onde se liga com a Ferrovia Norte-Sul e, no primeiro trecho, chega até Água Boa num percurso de 383 quilômetros.

Na segunda etapa, planeja-se a construção de 518 de Água Boa até Lucas do Rio Verde, com construção de um terminal de cargas, e uma última etapa de 740 quilômetros do norte mato-grossense até Vilhena (RO).

Ainda em Rondonópolis, o governador Mauro Mendes (DEM), que acompanha a agenda, assinou um Termo de Cooperação com a Rumo, empresa operadora do terminal ferroviário de Rondonópolis e que tem vários projetos em rodovias de Mato Grosso.

O Termo de Cooperação prevê o compartilhamento de câmeras de segurança da empresa com o Estado. “São 11 câmeras que serão inseridas no nosso sistema como forma de viabilizar o programa de vigilância, através de informações (dados e imagens), que permitirão o acompanhamento do fluxo de tráfego no pátio da empresa, operações de campo e situações de emergência, subsidiando a tomada de decisão de forma mais rápida e eficaz”, informou Mauro Mendes.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE