Cuiabá, 15 de Dezembro de 2019

POLÍTICA
Segunda-feira, 11 de Novembro de 2019, 16h:36

VISITA NA CAPITAL

Em tour com prefeito pelo HMC, ministro do STF diz que ficou "impressionado" com instalações

Claryssa Amorim
Única News

(Foto: Gustavo Duarte/Prefeitura de Cuiabá)

Em visita na Capital na última sexta-feira (8), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, prestigiou a inauguração do novo Pronto Socorro de Cuiabá, Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), e disparou "deveras impressionado", com a instalação.

O ministro fez um tour por todo o hospital na companhia do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), e o deputado federal Emanuel Pinheiro Neto, Emanuelzinho (MDB). O convite ao ministro foi feito pelo próprio chefe do Executivo, em um encontro em Brasília.

No dia 18 de novembro, o HMC será inaugurado a 6ª etapa e passará a funcionar 100%. Gilmar Mendes disse que em sua opinião, a construção desse hospital, demonstra que tem "carinho" e "atenção" às pessoas que necessitam de atendimento público.

“Um hospital como este demonstra que se está dando carinho e atenção devida às pessoas que de fato têm enormes carências. A gente precisa trabalhar isto no Brasil. Precisamos trabalhar a melhoria completa do serviço público no país. Se conseguirmos fazer isso vamos minimizar as agruras e mazelas da população. É um desafio grande, porque a demanda é imensa, mas é preciso trabalhar esse conceito e melhorar cada vez mais o serviço público”, comentou o ministro.

Pinheiro comentou que o reconhecimento do ministro o deixa muito alegre, pois foi muito esforço para a gestão entregar a obra nessa capacidade.

“Isso só nos mostra que estamos no caminho certo, que a decisão de enfrentar todas as dificuldades para abrir esse hospital vale a pena. Este é um local que já está salvando vidas e que com o funcionamento total passará a salvar ainda mais, e com toda a qualidade e conforto que nossa população merece”, disse Pinheiro.

(Informações da assessoria)


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE