Cuiabá, 19 de Novembro de 2019

POLÍTICA
Sábado, 09 de Novembro de 2019, 10h:15

ELEIÇÕES 2020

Emanuel Pinheiro evita analisar possíveis adversários: ‘eu escolho aliados’

Euziany Teodoro
Única News

Secom Cuiabá

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), questionado sobre a possibilidade de Gisela Simona, secretária-adjunta do Procon, formar uma chapa concorrente para as eleições municipais de 2020, preferiu não fazer uma avaliação sobre a pré-candidata e disse que escolhe “apenas aliados”.

“Eu não gostaria de avaliar possíveis candidatos, muito menos possíveis adversários. Eu escolho aliados, não escolho adversários. Tenho respeito por ela, como tenho por todos, mas ainda nem decidi se serei candidato”, disse.

Segundo ele, o “entusiasmo” por sua candidatura à reeleição, mesmo sem sua confirmação, mostra que está fazendo um bom trabalho. “Isso mostra como minha gestão envolve as pessoas, estão sentindo como estou amando ser prefeito de Cuiabá. Não mudei nada do primeiro dia que assumi até hoje no meu entusiasmo. Isso fica claro nas minhas entregas. A cidade é um canteiro de obras. Por isso o DEM pode reunir, pode decidir, pode fechar a questão.”

Diante disso, ele tem certeza que pode contar com o apoio do Democratas (DEM), de Jayme e Julio Campos, apesar de ter enfrentado as barreiras do governador Mauro Mendes, principal liderança do DEM em cargo eletivo atualmente.

“A maior parte do DEM quer ficar com Emanuel Pinheiro. Isso é coração. Não tem jeito. Coração não tem estatuto partidário. Dentro do gabinete, o governador está ilhado. A maioria dos assessores dele está entusiasmada com a minha gestão e torcendo pra ele parar com isso (divergências)”, disse.

Ele chegou a dar uma nota para seu trabalho. “Pelo meu esforço, dou nota 10. Mas minha gestão ainda tenho que chegar no final. Tem tanta entrega pra esse último ano.”


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE