Cuiabá, 26 de Janeiro de 2020

POLÍTICA
Terça-feira, 12 de Novembro de 2019, 11h:27

MP ARQUIVOU A DENÚNCIA

Emocionado, Adevair fala sobre denúncia falsa que o acusou de envolvimento em prostituição

Da Redação
Única News

(Foto: Reprodução)

O vereador por Cuiabá, Adevair Cabral (PSDB), alvo de denúncia anônima que o acusou de envolvimento em esquema de prostituição, leu emocionado a decisão do Ministério Público, que arquivou a denúncia por falta de justa causa. A denúncia foi arquivada na quinta-feira (7) pelo promotor Luciano de Oliveira.

Adevair contou ter sido alvo de um “massacre” e de “piadas”, por pessoas que não teriam qualquer moral para falar sobre ele. “Que moral essa pessoa tem pra falar do meu nome? Conheço o passado, conheço o presente dessas pessoas que me julgaram, me massacraram e fizeram piadinhas comigo. Não quero citar nome de ninguém, porque depois eu teria que provar o passado negro dessas pessoas”.

O vereador não citou nomes, especialmente pelo fato de a denúncia ser anônima, mas ele registrou boletim de ocorrência contra o colega de parlamento, Abílio Brunini (PSC), que estava compartilhando uma foto íntima dele com outros vereadores e várias outras pessoas do legislativo. Ele seria um dos que têm feito piadas com Adevair.

“Foi investigado, a Polícia Civil foi atrás e fez as diligências e comprovou que não tinha nada. Por irresponsabilidade de algumas pessoas que covardemente tentaram me sujar, colocar o meu nome perante a sociedade, tentando denegrir minha imagem. Como eu disse: ‘eu não devia. Deus é muito justo’. E o Ministério Público mandou arquivar essa denúncia”.

Ele leu o arquivamento do processo, que corre em sigilo, e afirmou que vai resolver todos os demais casos que possam correr contra ele. “Hoje não quero atacar ninguém aqui. Não estou aqui pra ficar de conversinha fiada. Vamos resolver todos os casos que levantaram contra mim”.


1 COMENTÁRIO:







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.

Cecília Borges Loureiro Amazonas   12-11-2019 16:00:09
Parabéns! É isso, Deus jamais deixará uma pessoa ser injustiçada sem causa.

Responder

0
1

LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE