Cuiabá, 22 de Outubro de 2019

POLÍTICA
Segunda-feira, 30 de Setembro de 2019, 14h:57

DECISÃO

Juíza manda penhorar 30% de aposentadorias de ex-governador de MT

Claryssa Amorim
Única News

Foto: (Marcus Mesquita)

A juíza Célia Vidotti, da Vara Especializada em Ação Civil Pública e Ação Popular, determinou em um prazo de 15 dias a penhora de 30% da aposentadoria do ex-governador de Mato Grosso e ex-prefeito de Cuiabá, Frederico Campos. A decisão consta no Diário da Justiça Eletrônico (DJE), desta segunda-feira (30).

O processo de sentença está correndo em segredo de Justiça e tem também como réu, o seu filho, o então chefe de gabinete na Prefeitura de Cuiabá, Frederico Campos Filho.

De acordo com o processo, o ex-gestor recebe R$ 30.47,14 mil de aposentadoria como governador e, serão penhorados judicialmente em torno de R$ 9 mil.

Ele também recebe uma aposentadoria da cidade de Cubatão (SP). A magistrada determinou que o município seja comunicado para penhorar a aposentadoria do Governo de SP. As duas penhoras atendem a um pedido do Ministério Público do Estado (MPE).

“Diante do exposto, defiro o pedido ministerial de fls. 2.543/2.546, para ser realizada a penhora sobre 30% dos proventos da aposentadoria do requerido Frederico Carlos Soares Campos, que recebe perante o Município de Cubatão São Paulo/SP, e junto ao Estado de Mato Grosso”, cita trecho da decisão.

Carreira

Frederico Campos foi prefeito duas vezes da Capital, secretário de Estado e governador de Mato Grosso entre 1979 e 1983. Foi o segundo governador após a divisão do Estado.

Sobrinho do General Dilermando Gomes Monteiro, foi nomeado prefeito de Cuiabá pelo governador Pedro Pedrossian tendo cumprido o mandato entre 1967 e 1969.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE