Cuiabá, 23 de Setembro de 2019

POLÍTICA
Sexta-feira, 13 de Setembro de 2019, 17h:11

PRESERVAÇÃO DO CLIMA

Mendes se reúne com embaixadores e cobra recursos para preservação do meio ambiente

Claryssa Amorim
Única News

(Foto: Alex Nunes/Secom)

O governador Mauro Mendes (DEM) participou, na manhã desta sexta-feira (13), de uma reunião em Brasília, com os embaixadores de quatro países da Europa. Foram convidados a participar da reunião todos os governadores da Amazônia Legal para apresentar as ações nos estados contra o desmatamento ilegal e as queimadas.

Os embaixadores presentes foram Nils Martin Gunneng (Noruega), Vijay Rangarajan (Reino Unido) e Georg Witschel (Alemanha). Os embaixadores se propuseram a colaborar com as ações. Os governadores são da Amazonas, Amapá, Roraima, Pará, Rondônia, Acre, Maranhão e Tocantins, além de Mato Grosso.

Mauro Mendes afirmou aos embaixadores que o Estado tem interesse em firmar parcerias diretamente com os países que eles representam. Ele ressaltou que a intenção do encontro era de aproximar os estados para a preservação do clima.

“Esta foi uma primeira reunião para aproximar interesse dos estados brasileiros da Amazônia. [...] Eles querem ajudar e contribuir com dinheiro, mas nesta reunião, objetivamente, não foi aportado nenhum recurso, mas acredito que poderemos construir isso em um futuro próximo”, destacou o governador.

Na reunião, o governador destacou as ações que já foram realizadas em Mato Grosso para combate às queimadas e a meta de desmatamento ilegal zero para os próximos anos. Falou ainda sobre os trabalhos para acelerar as análises do Cadastro Ambiental Rural e aquisição de sistema de monitoramento em tempo integral, o Imagens Planet, em parceria com o banco alemão KFW.

Durante a tarde, Mendes e os outros governadores se reuniram com o embaixador da França.

“Para mim ficou claro que o grande objetivo da França é desfazer qualquer mal-entendido de relação entre o Brasil e a França. Ele colocou o interesse do governo francês, de aproximar naquilo que nos une e construir através do diálogo. Mas, objetivamente, também não houve nenhum aporte recurso francês”, citou o governador.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE