Cuiabá, 19 de Outubro de 2019

POLÍTICA
Terça-feira, 08 de Outubro de 2019, 16h:08

VEJA A LISTA

Riva 'entrega' um total de 56 envolvidos em esquema de propina entre Governo e AL

Euziany Teodoro
Única News

Chico Ferreira / Gazeta Digital

O ex-deputado estadual José Riva, em sua proposta de delação premiada entregue ao Ministério Público Estadual, envolve um total de 56 pessoas em esquema de propina entre Governo do Estado e Assembleia que durou 20 anos. Entre os supostos envolvidos, estão dois ex-governadores: Blairo Maggi e Silval Barbosa.

Para comprovar as acusações, Riva apresentou, anexos à tentativa de fechar o acordo, comprovantes de transferências bancárias, notas ficais de materiais que nunca foram entregues à Assembleia e valores de propina pagos tanto mensalmente, quanto em cada eleição para a Mesa Diretora.

Vários ex-deputados, inclusive falecidos, assim como alguns que ainda ocupam uma vaga na Assembleia Legislativa, são citados. Os políticos recebiam uma espécie de “mensalinho” durante os governos de Blairo Maggi e Silval Barbosa. Vários foram flagrados em vídeos entregues como parte do acordo de delação premiada fechado de Silval, que trouxe à tona um dos maiores esquemas de corrupção de Mato Grosso.

As propinas eram pagas com recursos desviados do Programa MT Integrado, de incentivos fiscais e de obras da Copa do Mundo, durante a gestão de Silval. Para manter os interesses da gestão (e do esquema) funcionando, assim como aprovação das contas e projetos do Governo na Assembleia, os deputados teriam recebido o “mensalinho”, no total de R$ 600 mil, que teria sido dividido em 12 vezes de R$ 50 mil.

Leia mais: Riva apresenta 38 nomes de políticos que receberam propina por 20 anos

Veja a lista abaixo, disponibilizada pelo Blog do Romilson.

Blog do Romilson

Lista José Riva

 

 

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE