Cuiabá, 19 de Outubro de 2019

POLÍTICA
Quarta-feira, 09 de Outubro de 2019, 16h:56

POLÍTICOS QUE RECEBERAM PROPINA

Riva nega delação premiada e diz que vai descobrir quem distribuiu documentos "malsinados"

Claryssa Amorim
Única News

(Foto: Reprodução)

O ex-deputado estadual, José Riva, emitiu uma nota de esclarecimento após a veiculação de sua delação premiada com o Ministério Público do Estado (MPE). Segundo Riva, os documentos de “proposta de colaboração premiada” que tem circulado não foram “subscritos” por ele. 

Nesse “documento”, consta a informação de que Riva teria citado 38 nomes de ex-deputados que supostamente receberam mensalinho na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT). Os fatos tiveram início em 1995 e alcançaram montante aproximado de R$ 175 milhões.

Os pagamentos eram realizados sob o argumento de “manter-se à governabilidade”, sendo excluídos do esquema apenas os deputados de oposição, o presidente da Casa de Leis e o primeiro-secretário.

Entre os anos de 1995 e 1998 o valor pago era de R$ 15 mil. Entre 1998 e 2002 o montante girou em torno de R$ 20 a R$ 25 mil. 

Na nota, o ex-deputado ressaltou que nenhum documento desse tipo foi protocolado no Ministério Público. No entanto, ele tem colaborado com as investigações em outros aspectos.

Riva ameaçou ainda adotar as medidas jurídicas necessárias para identificar os autores e responsabilizá-los pela distribuição dos “malsinados documentos”. 

No documento, consta os seguintes nomes que possivelmente teriam sido beneficiados:

GUILHERME ANTÔNIO MALUF

JOSÉ DOMINGOS FRAGA FILHO

WALLACE GUIMARÃES

PERCIVAL MUNIZ

ADALTO DE FREITAS

ADEMIR BRUNETTO

JOÃO ANTÔNIO CUIABANO MALHEIROS

MAURO LUIZ SAVI

NILSON SANTOS

SERGIO RICARDO DE ALMEIDA

GILMAR DONIZETE FABRIS

LUCIANE BEZERRA

ROMOALDO JUNIOR

MAKSUÊS LEITE

WALTER MACHADO RABELLO JUNIOR

JOSE GERALDO RIVA

LUIZ MARINHO DE SOUZA BOTELHO

ALEXANDRE LUIZ CESAR

ZECA VIANA

DILMAR DAL’BOSCO

EZEQUIEL ÂNGELO FONSECA

BAIANO FILHO

TETE BEZERRA

ONDANIR BORTOLINI (NININHO)

EMANUEL PINHEIRO

LUIZINHO MAGALHÃES

NELDO WEIRICH

CARLOS AVALONE

CARLOS ANTÔNIO AZAMBUJA

FRANCISCO BELO GALINDO

AIRTON RONDINA

WAGNER RAMOS

SEBASTIÃO REZENDE

HERMÍNIO J. BARRETO

HUMBERTO BOSAIPO

PEDRO INÁCIO WIEGERT (PEDRO SATÉLITE)

DILCEU DAL'BOSCO

SILVAL BARBOSA (ENQUANTO DEPUTADO)

Leia a nota na íntegra do ex-deputado José Riva:

O ex-Deputado Estadual José Geraldo Riva, tendo em vista as matérias recentemente publicadas na mídia, envolvendo o seu nome em suposta Delação Premiada, celebrada com o Ministério Público do Estado de Mato Grosso, vem esclarecer que:  

1) Os documentos apócrifos que têm circulado perante os meios de comunicação, intitulado como sendo “proposta de colaboração premiada” jamais foram subscritos pelo ex-Deputado;

2) Os referidos documentos jamais foram protocolizados junto ao Ministério Público do Estado de Mato Grosso;

3) Tem colaborado já há algum tempo com as investigações promovidas pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso, porém não firmou, até a presente data, nenhum acordo de delação premiada com o MP/MT;

4) Tem plena convicção que os sobreditos documentos não foram fornecidos pelo MP/MT, até porque o ex-Deputado, como já dito, jamais os assinou;

5) Está adotando as medidas jurídicas necessárias para identificar os autores e responsabilizá-los pela distribuição dos malsinados documentos.  

Cuiabá/MT, 09 de outubro de 2019  

Ex-Deputado José Geraldo Riva


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE