Cuiabá, 16 de Outubro de 2019

RADAR NEWS
Quarta-feira, 10 de Julho de 2019, 16h:27

PROJETO POLÊMICO

Mauro Mendes recua e desiste de cobrar ICMS da energia solar

Única News

Christiano Antonucci

O governador Mauro Mendes (DEM) desistiu de cobrar o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) que incide sobre microgeradores de energia solar. Amplamente criticado pela iniciativa, cuja fama foi de que queria "taxar o sol", Mendes decidiu excluir a cobrança do Projeto de Lei Complementar 53/2019, que tramita na Assembleia Legislativa.

O PLC 53/2019 é alvo de debates tanto no legislativo, quanto no executivo. Vários representantes do setor produtivo e comércio questionam que, dentro do projeto de reinstituição dos incentivos fiscais, foi inclusa uma minirreforma tributária, cobrando o ICMS de inúmeros produtos e serviços.

Além do recuo na cobrança do imposto para placas de energia solar, Mendes também diminuiu a alíquota dos frigoríficos. Já para a energia rural, o projeto excluiu a faixa de cobrança de 50-500 kwh. Agora, só será cobrado o imposto aos que consomem acima desse número.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE