Cuiabá, 25 de Abril de 2019

RADAR NEWS
Terça-feira, 09 de Abril de 2019, 09h:55

COMPRA DE VOTOS

TRE julga nesta quarta-feira (10) recurso contra cassação de Lucimar Campos

Fernanda Nazário
Única News

Divulgação

O Tribunal Regional Eleitoral julga, nesta quarta-feira (10), o recurso contra a cassação da prefeita de Várzea Grande, Lucimar Campos (DEM), e do vice José Hazama (PRTB). A democrata é acusada na ação de investigação judicial eleitoral de prática de conduta vedada, captação ilícita de sufrágio e abuso de poder político. Ela teve o diploma e o mandato cassado em outubro de 2017 e entrou com recurso para anular a decisão.

Caso a decisão seja mantida, Lucimar ainda continuará no cargo e poderá recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Também sofreram sanções na ação o vereador Benedito Francisco Curvo, o Chico Curvo, e o presidente do Departamento de Água e Esgoto de VG, Eduardo Abelaira Vizotto. Além de serem cassados, Lucimar e Curvo ainda ficarão inelegíveis por oito anos.

Apesar do impasse na decisão final da ação, o TRE condenou a prefeita, o vice e o vereador a pagarem uma multa de R$ 15 mil.

A compra de votos

A captação ilícita de votos teria ocorrido através de uma promessa de solucionar o problema de abastecimento de água no município, durante uma reunião realizada no período eleitoral em setembro de 2016.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


LEIA MAIS SOBRE ESSE ASSUNTO




VÍDEO PUBLICIDADE