Cuiabá, 15 de Junho de 2024

ARTIGOS/UNICANEWS Terça-feira, 07 de Maio de 2024, 11:11 - A | A

07 de Maio de 2024, 11h:11 - A | A

ARTIGOS/UNICANEWS / FELLIPE VALLE

Músculos Fortes, Vida Saudável

Única News



A atrofia muscular é uma condição que envolve a perda de tecido muscular, resultando no enfraquecimento dos músculos e na diminuição de massa e força. Essa condição pode afetar pessoas de todas as idades estando associada a diversas causas, como lesões, falta de uso da musculatura, envelhecimento e outras condições médicas.

Esta condição pode ocasionar outras morbidades, como desgastes articulares e acidentes pois acaba também afetando o equilíbrio.

Causas da Atrofia Muscular

Atrofia por Desuso: Ocorre quando deixamos de usar os músculos do corpo devido à falta de exercícios ou imobilização. Pessoas que trabalham sentadas ou têm condições médicas que limitam os movimentos estão propensas a essa forma de atrofia.

Envelhecimento: Naturalmente, com o passar dos anos, ocorre uma diminuição da massa muscular.

Lesões, Queimaduras e Fraturas: Traumas físicos podem levar à atrofia.

Condições Médicas: Doenças como miopatia associada ao álcool, esclerose lateral amiotrófica (ELA), neuropatia e outras afetam os músculos.

Sintomas

Os sintomas da atrofia muscular incluem fraqueza, perda de massa muscular e dificuldade em realizar tarefas cotidianas, como andar, falar e comer.

Prevenção

Para prevenir a atrofia muscular, considere as seguintes estratégias:

Atividade Física Regular: Pratique exercícios de resistência e força para estimular o crescimento muscular.

Alimentação Equilibrada: Inclua proteínas na sua dieta para manter a saúde muscular.

Descanso Adequado: Permita que seus músculos se recuperem após o exercício.

Monitoramento de Sinais do Corpo: Esteja atento a sinais de doenças que podem levar à atrofia muscular.

Tratamento

O tratamento da atrofia muscular envolve:

Fisioterapia: Exercícios específicos para fortalecer os músculos.

Terapia de Ultrassom: Procedimento não invasivo que auxilia na cicatrização.

Cirurgia: Em casos específicos.

Mudanças na Dieta: Suplementação de proteínas.

Lembre-se de que a prevenção é fundamental para manter a saúde muscular e melhorar a qualidade de vida.

 

*Dr. Fellipe Ferreira Valle é formado em medicina pela Universidade de Medicina de Teresópolis -RJ, realizando posteriormente residência médica em ortopedia na Santa Casa de Belo Horizonte onde também realizou especialização em cirurgia do joelho e cirurgia do ombro e cotovelo. É membro fundador da Sociedade Brasileira de Regeneração Tecidual e Sócio efetivo da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia. Professor de medicina na UNIVAG e preceptor da residência de ortopedia da UNIC.

Instagram: @dr.fellipe

Telefone: 65 996774477

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia