Cuiabá, 29 de Maio de 2024

BRASIL Quinta-feira, 16 de Maio de 2024, 11:33 - A | A

16 de Maio de 2024, 11h:33 - A | A

BRASIL / LEVOU UMA "VOADORA"

Atleta negro da seleção de taekwondo é agredido por abraçar mulher branca

Gabriel Campolina Santos relatou que estava abraçado a uma amiga branca quando levou uma voadora.

CBN ESPORTES
Alessandra Ferreira



O atleta da seleção brasileira de taekwondo Gabriel Campolina Santos, mais conhecido pelo apelido Mussun, foi vítima de uma agressão e injúrias raciais em frente à estação São Caetano da CPTM nesta última terça-feira (14) em São Paulo. Ele relatou que estava abraçado a uma amiga branca quando levou uma voadora.

Em uma publicação nas redes sociais, Gabriel explicou o ocorrido.

"Eu tô bem, não sofri nenhuma lesão, eu apenas me defendi dos golpes que esse indivíduo aí tentou acertar em mim. Eu tô bem, estava com uma companheira de treino, esperando meus companheiros de treino no metrô e nunca vi isso na minha vida.."

O agressor ofendeu o atleta, que é negro, com termos racistas e foi contido por pessoas que presenciaram a briga. O homem de 20 anos foi levado à Delegacia de São Caetano do Sul por guardas municipais. Após passar por atendimento médico na UPA da cidade, as vítimas também compareceram ao local. Foram solicitados exames ao IML.

CONTINUE LENDO

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia