Cuiabá, 13 de Julho de 2024

CIDADES Segunda-feira, 25 de Fevereiro de 2019, 16:10 - A | A

25 de Fevereiro de 2019, 16h:10 - A | A

CIDADES / EM CUIABÁ

Ambulatório do HMC passa a atuar como fonte ‘desafogadora’ da Central de Regulação



Inaugurado nesta segunda-feira (25) o ambulatório do Hospital Municipal de Cuiabá – HMC irá atender cerca de 100 pacientes por dia - subdivididos em 13 especialidades médicas dentre as quais ginecologia, mastologia e ginecologia cirúrgica, cardiologia, dermatologia, clínico em saúde mental, endocrinologia, ortopedia geral e ortopedia de quadril e joelho.

De acordo com o prefeito Emanuel Pinheiro, as especialidades foram selecionadas de acordo com as principais demandas existentes na rede pública de Saúde. Com isso, o ambulatório do HMC passa a atuar como uma importante fonte ‘desafogadora’ da Central de Regulação do Sistema Único de Saúde – SUS na Capital.

“Fizemos um estudo das principais especialidades médicas que mais geram demanda reprimida e, a partir de hoje elas serão ofertadas aqui no ambulatório do HMC. Dessa forma, o ambulatório passa a ser mais uma opção para diminuir a fila do SUS, ofertando mais celeridade, respeito e humanização a quem depende exclusivamente do serviços públicos de Saúde de Cuiabá”, frisou o prefeito.

O ambulatório funcionará de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h, com intervalo para almoço. Com relação aos profissionais que estão compondo a equipe multiprofissional o secretário adjunto em Assistência em Saúde da Secretaria de Saúde, Luiz Gustavo Raboni explica que tratam-se de pessoas que estavam cedidas para outros órgãos.

“Solicitamos o retorno de diversos profissionais que estavam cedidos para outros órgãos ou para hospitais como o Júlio Muller. Também readequamos algumas especialidades que estavam sendo realizadas no ambulatório do Verdão visando ofertar mais celeridade e humanização aos atendimentos”, ressaltou Raboni.

Maria de Lurdes Lopes de Araújo, filha da primeira paciente do ambulatório (que esteve no local para consulta com profissionais de saúde mental) aprovou o espaço e a readequação da especialidade que era atendida na Policlínica do Verdão. “Até então minha mãe era atendida no ambulatório do Verdão. No sábado recebemos a ligação comunicando que a especialidade dela passaria a ser atendida aqui. Comemoramos a mudança porque este espaço novo oferece toda a dignidade que ela merece para se tratar da doença que a afeta”, declarou a acompanhante.

 

BOAS VINDAS

No sábado (23) o prefeito acompanhado pela primeira-dama da Capital Márcia Pinheiro, secretário Municipal de Saúde, Luiz Antônio Possas de Carvalho e demais membros do staff realizaram um ato de boas-vindas aos profissionais do ambulatório.

“Construímos um hospital desta envergadura, com os melhores equipamentos da atualidade, para mostrarmos que o 'público' não apenas pode, como deve ser bom sim. E quando o HMC estiver funcionando em sua totalidade, vamos trabalhar para levar o mesmo conceito que estamos implantando aqui a toda rede de Atenção Secundária, onde temos UPAs e Policlínicas e à Atenção Básica, que é composta pelas unidades básicas de saúde, postos de saúde e centros de saúde, que é onde atingimos 100% dos cuiabanos. A abertura dos trabalhos do HMC é o primeiro passo nesta virada de página que estamos implementando, e vocês, profissionais que estarão na ponta realizando os atendimentos, serão os responsáveis pelo contato direto com a população e por passar esse sentimento de mudança a cada um de nossos paciente”, finalizou Pinheiro.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia