Cuiabá, 18 de Junho de 2024

CIDADES Quarta-feira, 29 de Maio de 2024, 12:29 - A | A

29 de Maio de 2024, 12h:29 - A | A

CIDADES / ATENTADO EM CUIABÁ

Família doará córneas de sargento da PM vítima de atentando em Cuiabá; velório será hoje

Odenil Alves acabou morrendo no Hospital Municipal de Cuiabá poucas horas depois do atentado.

Christinny dos Santos
Única News



A família do sargento PM Odenil Alves Pedroso, 47 anos, atacado com tiros na cabeça em frente à UPA Morada do Ouro, em Cuiabá, na terça-feira (28), doará as córneas do militar, que acabou morrendo no Hospital Municipal de Cuiabá poucas horas depois do atentado.

Após o procedimento de retirada do órgão, o corpo será preparado para o velório, que ocorrerá às 18h desta quarta-feira (29), na Capela Jardins, bairro Bandeirantes, na Capital. O cortejo rumo ao Cemitério Parque Bom Jesus, no bairro Parque Cuiabá, sairá da capela às 8h de quinta-feira (30), com sepultamento previsto para as 9h.

O Brasil é referência mundial em transplantes e possui o maior sistema público de transplantes do mundo. Atualmente, cerca de 96% dos procedimentos do país são financiados pelo SUS. Em 2023, a Central Estadual de Transplante mediou 253 doações para transplantes.

Das 253 doações, 219 foram realizadas com sucesso e o transplante proporcionou qualidade de vida aos pacientes do Estado que agora conseguem enxergar melhor.

O caso

O 1º sargento Odenil Alves, da Policia Militar, foi atingido com um disparo de arma de fogo na cabeça na tarde desta terça-feira (28), em frente à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Morada do Ouro, em Cuiabá.

Segundo testemunhas, o atirador chegou ao local em uma moto Pop 100 preta, se aproximou do policial, que estava lanchando e efetuou o disparo. Ele fugiu e ainda não foi localizado. A PM faz uma verdadeira caçada ao criminoso nos bairros da Capital.

O agente estava em horário de serviço na UPA Morada do Ouro, quando foi atingido. O primeiro sargento da PM era lotado no 3º Batalhão da PM e escalado para serviço na Unidade Hospitalar.

O policial foi encaminhado ao Hospital Municipal de Cuiabá, mas morreu na mesa de cirurgia, por volta das 20h30.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia