Cuiabá, 29 de Maio de 2024

CIDADES Quarta-feira, 08 de Março de 2017, 10:24 - A | A

08 de Março de 2017, 10h:24 - A | A

CIDADES / MAIS FLUIDEZ NO TRÂNSITO

Obra interditada pode ser substituída por ponte de madeira

Wellyngton Souza / Única News



(Foto: Secom - MT )

4442ae1e52965771ee23a279f20a63af.jpg

 Interdição da ponte gerou desconforto no trânsito em Cuiabá

Duas alternativas estão sendo estudadas para desafogar o trânsito na Avenida Fernando Corrêa da Costa, em Cuiabá, com a interdição da ponte Professor Benedito Figueiredo: construir uma nova ponte provisória ou a instalação de uma de madeira no local.

 

A obra liga o Bairro Jardim Califórnia com a Avenida Engenheiro Quidauguro Fonseca, no Bairro Coophema.

 

A declaração foi dada pelo secretario de Estado de Cidades (Secid), Wilson Santos, que disse ainda ter buscado auxílio com o Exército Brasileiro para fazer uma vistoria na obra - inserida no pacote para Copa do Mundo de 2014.

 

"Vamos buscar duas alternativas para uma solução provisória. Dessa forma podemos liberar o trânsito de forma parcial na região que tem gerado grande desconforto entre os motoristas", disse.

 

A ponte foi interditada por tempo indeterminado pela Defesa Civil de Cuiabá no dia 16 de fevereiro por conta de um desbarrancamento na cabeceira. A situação tem se agravado devido o período de chuva e consequência da cheia do Rio Coxipó.

 

Após a interdição, o fluxo em uma das vias mais movimentadas da capital tem se tornado ainda mais caótico devido a longos congestionamento além do horário de pico.

 

A Secretaria de Mobilidade Urbana de Cuiabá (Semob) elaborou uma saída emergencial com a construção de um canteiro central para que motoristas que saírem do bairro Coophema até a Fernando Corrêa não precisam fazer a rotatória da Escola Maria de Pinha. A nova saída permite o acesso direto até a ponte do Rio Coxipó.

 

Leia Mais - Novo retorno na Fernando Corrêa estará disponível até liberação da ponte

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia