Cuiabá, 26 de Setembro de 2020

CIDADES
Sexta-feira, 14 de Fevereiro de 2020, 14h:50

HOSPITAL "MANCHINHA"

Pinheiro lança hospital veterinário gratuito; mais de mil denúncias são registradas por ano em Cuiabá

Ana Adélia Jácomo
Única News

Secom Cuiabá

Em Cuiabá, do dia 1º de janeiro até esta quinta-feira (13), 140 denúncias de maus-tratos, abandono e pedido de resgate de animais atropelados em vias públicas foram realizadas por meio do Disque Denúncia (0800 647 7755). Vale lembrar que grande parte dos abandonos e maus tratos não é denunciada pela população, sendo assim, esse balanço representa uma pequena fatia da realidade.

Os dados são alarmantes se comparados ao número de animais resgatados (27), doados (4), em tratamento (7) e disponíveis para doação (34), dos quais 41 estão sob tutela da Diretoria de Bem-estar Animal, que é vinculada à Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano de Cuiabá. 

Para ajudar famílias que possuem animais domésticos, mas não têm condições financeiras de arcar com gastos com a saúde dos bichinhos, o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) lança, na próxima segunda-feira (17), as obras do 1º Hospital Veterinário Municipal, que receberá o nome de "Manchinha", em homenagem a um cachorro que foi morto por espancamento em supermercado de Osasco (SP).

A unidade vai atender gatos e cachorros gratuitamente, com exames laboratoriais, consultas e cirurgias. Após receberem os cuidados dos profissionais veterinários da diretoria, os animais resgatados ficam disponíveis para adoção responsável.

Dados

Em 2018, foram 513 denúncias do mesmo tipo, 69 animais foram doados e 117 resgatados de situação de rua ou abandono. Em 2019, o número cresceu. Foram 559 denúncias apenas no primeiro semestre. Até dezembro do mesmo ano, mais de mil denúncias foram feitas, 283 animais resgatados, 212 entregues para adoção, 46 sob a guarda da Diretoria dos quais 17 filhotes caninos e 2 adultos foram disponibilizados para doação.

O artigo 32 da Lei 9.605/98 determina detenção de três meses a 1 ano e multa a quem praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais

Em quase dois anos de serviços prestados, o município se consolida como referência no resgate, fiscalização de maus-tratos e promoção da adoção responsável de animais domésticos.

De acordo com a diretora de Bem-estar Animal, Saula Ouverney, são feitas 12 denúncias, em média, de maus-tratos e abandono animal em Cuiabá, por dia.

“É um trabalho diário de dedicação aos animais. A demanda é alta, atendemos em média 12 denúncias por dia em nosso 0800, mas é um esforço para atender da melhor forma possível, pois temos uma equipe que se preocupa verdadeiramente com o bem-estar dos animais. O número de resgates é sempre maior que o número de animais doados, por isso precisamos da ajuda da população na conscientização contra maus-tratos e abandono e também na adoção desses animais que necessitam de um carinho familiar”, disse ela.

A Diretoria de Bem-estar Animal é vinculada à Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, e iniciou seus trabalhos em março de 2018. Ela acompanha e adota como padrão a seguir condutas estabelecidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que atesta o bem estar animal a partir de seis condições: que ele esteja saudável, confortável, bem nutrido, seguro, capaz de expressar seu comportamento natural e não estar sofrendo por dores, medos e angústias.

Para garantir o completo bem-estar dos bichinhos, o órgão também se atenta as “cinco liberdades”, estabelecidas pela Comissão de Bioética e Bem-estar Animal, do Conselho Federal de Medicina Veterinária, que são: Liberdade Nutricional, Liberdade Ambiental, Liberdade Sanitária, Liberdade Comportamental, Livre de Medo e Aflição.

O novo hospital

O prédio do 1º Hospital Veterinário Municipal - ‘Manchinha’– tem prazo de entrega de 150 dias – e será construído em terreno em frente ao Cemitério Parque Bom Jesus, instalado na  Rodovia Palmiro Paes de Barros. A criação do Hospital Veterinário Municipal é mais um compromisso cumprido pela gestão Emanuel Pinheiro.

“Já implantamos uma Diretoria de Bem-Estar Animal que trabalha no resgate, fiscalização de maus-tratos e na promoção da adoção responsável. Agora, daremos início a uma obra que será referência no país, com atendimento 100% público”.

No total, explica, o HVM contará com três etapas para sua instalação completa: a primeira destina-se à implantação do pronto-socorro. Já na segunda fase será criado um centro veterinário com a implantação de canil e gatil.

Já a terceira etapa irá contemplar um espaço destinado ao lazer da população. O local também se tornará a sede da Diretoria de Bem-Estar Animal, que é vinculada à Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano.

A estrutura vai contar com três consultórios, área para animais hospitalizados, área de controle emergencial, sala de raio-x, laboratório de análises clínicas e sala de cirurgia.

Como adotar?

Para os que querem adotar um dos animais que estão sob a tutela da Diretoria, é necessário entrar em contato pelo 0800 647 7755 para que uma triagem seja feita e se verifique a aptidão para adoção. Todos os animais são entregues para adoção já vermifugados, vacinados e castrados.

Em caso de filhotes, o futuro dono assina um termo de responsabilidade se comprometendo a retornar com o animal, em período determinado, para que a diretoria realize a castração. A medida é uma das ações do órgão para reduzir a proliferação de possíveis animais abandonados.

Homenagem

Em dezembro de 2018, uma cachorra de nome ‘Manchinha’, foi espancada até a morte no estacionamento de um hipermercado em Osasco (São Paulo), por seguranças e a atrocidade gerou repercussão em todo país. O nome escolhido para a unidade tem o intento de evidenciar o respeito aos animais pela gestão municipal de Cuiabá. (Com assessoria)


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE