Cuiabá, 01 de Dezembro de 2020

CIDADES
Terça-feira, 07 de Julho de 2020, 18h:23

LUTO EM FAMÍLIA

Policial civil perde o pai e a mãe para a Covid-19, em apenas 13 dias

Vithória Sampaio
Única News

(Foto:Reprodução)

Os pais da policial civil Cristiane Nunes de Almeida, da Coordenadoria de Gestão de Pessoas da Polícia Civil, morreram com uma diferença de apenas 13 dias, vítimas da Covid-19.

O pai dela, Altair Nunes de Almeida, morreu na manhã desta terça-feira (7). A esposa dele e mãe de Cristiane, Rosa Miguelita Marques de Almeida, havia falecido apenas 13 dias antes, em 24 de junho.

Por meio de nota divulgada nesta terça-feira (7), a Polícia Civil desejou condolências à servidora e todos da família pela morte dos pais. Eles deixam duas filhas e netos.

Mato Grosso registrou 36 mortes por coronavírus nas últimas 24 horas. Dos 22.078 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 11.534 estão em isolamento domiciliar e 8.974 estão recuperados. Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 227 internações em UTI e 327 em enfermaria. Isto é, a taxa de ocupação está em 93% para UTIs e em 48% para enfermarias.

Confira a nota da Polícia Civil:

Polícia Civil de Mato Grosso externa pesar pelo falecimento dos pais da servidora Cristiane Nunes de Almeida, da Coordenadoria de Gestão de Pessoas da instituição.

O pai, Altair Nunes de Almeida faleceu nesta terça-feira (07), e a mãe da servidora, Rosa Miguelita Marques de Almeida, morreu no dia 24 de junho, ambos em decorrência da covid-19.

A Polícia Civil se solidariza com familiares, amigos e colegas da servidora Cristiane Almeida.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE