Cuiabá, 25 de Maio de 2024

CIDADES Sexta-feira, 10 de Junho de 2016, 16:39 - A | A

10 de Junho de 2016, 16h:39 - A | A

CIDADES / CIDADANIA

Prefeitura vai cadastrar imigrantes em 10 bairros de Cuiabá

DA REDAÇÃO



Dez bairros da capital vão receber neste sábado (11) uma grande ação promovida pela Prefeitura de Cuiabá para cadastrar os imigrantes na rede sócio-assistencial do município.  A ação acontecerá das 14h às 18h e tem o objetivo de realizar um diagnóstico sobre o número de imigrantes, países de origem, a situação em que vivem e suas principais necessidades.

O levantamento preciso sobre a realidade dos imigrantes servirá para nortear as ações, programas e serviços a serem realizados pela Secretaria de Assistência Social e Desenvolvimento Humano para este público.

"Hoje não sabemos quantos são os imigrantes, como vivem, quais suas principais necessidades e de que modo podemos auxiliá-los. Com esse levantamento poderemos fazer uma gestão intersetorial com outras secretarias para dar encaminhamento a demandas necessárias, como educação e saúde, por exemplo. É uma ação muito importante e esperamos que todos eles compareçam nos locais onde estaremos", afirmou o secretário de Assistência Social, José Rodrigues.

O cadastramento será realizado nos bairros Centro, Planalto, Pedregal, Pedra 90, Alvorada, Eldorado, Bela Vista, Santa Rosa II (Ribeirão da Ponte), Parque Cuiabá e Jardim Leblon.  Esses locais foram apontados pela Organização de Suporte das Atividades dos Migrantes no Brasil (Osamb) como os bairros onde há o maior número de imigrantes residentes.

Por isso, a Assistência Social vai disponibilizar as estruturas do Centro de Referência de Assistência Social, centros comunitários e escolas municipais para receber os imigrantes, que deverão responder a um questionário que vai verificar quantos estão trabalhando, quantos estão em trabalho formal, qual a renda, quantos possuem acesso a saúde, qual o tipo de moradia em que residem, os meios de transporte que utilizam, como têm acesso à alimentação e quais conseguem falar e escrever em português.

"Como muitos imigrantes têm dificuldades para se deslocar, resolvemos levar as nossas estruturas para mais próximo deles e vamos disponibilizar 10 pontos para que seja realizado este cadastramento. É muito importante que eles compareçam, pois somente assim a Assistência Social terá conhecimento de quais deles precisam dos serviços da rede sócio-assistencial - e para que possamos fazer o atendimento a todos que estiverem em situação de vulnerabilidade", concluiu.

Além da Prefeitura de Cuiabá e da Organização de Suporte das Atividades dos Migrantes no Brasil (Osamb), a ação é realizada em parceria com a Ordem dos Advogados do Brasil, seccional de Mato Grosso.

Confira os locais de cadastramento:

Museu Histórico – Praça da República, nº 131, Centro.

CRAS Planalto – Rua Atlas, S/N, Planalto.

CRAS Pedregal – Rua Manaíra, S/N, Pedregal (Antigo Centro da Juventude).

CRAS Pedra 90 – Avenida Nilton Rabello de Castro, S/N,  Pedra 90.

EMEB Marechal Candido Mariano – Rua Piratininga, n° 101, Alvorada.

EMEB Profª Francisca Figueiredo de Arruda Martins – Rua I, S/N, Jardim Eldorado.

EMEB Madre Marta Cerutti – Avenida Vereador Juliano da Costa Marques, S/N, Bela Vista.

EMEB Esmeralda de Campos Fontes – Rua Bolívia, nº 365, Santa Rosa II (Mesma rua do Posto de Saúde).

Centro Comunitário do Parque Cuiabá – Avenida 4, Parque Cuiabá (Em frente ao Batalhão da Polícia Militar).

Centro Comunitário do Jardim Leblon – Rua Militar, S/N, Jardim Leblon (Próximo ao Posto de Saúde).

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia