Cuiabá, 27 de Maio de 2024

CIDADES Quarta-feira, 29 de Março de 2017, 11:01 - A | A

29 de Março de 2017, 11h:01 - A | A

CIDADES / FÔLEGO NO TRÂNSITO

Recursos obtidos por multas serão aplicados para liberação de ponte

Wellyngton Souza / Única News



(Foto: Luiz Alves - Secom)

d4923ea1e6d417d1b33e10a904c7478e.jpg

 

Os recursos adquiridos através de aplicações de multas pela Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) será destinado para a liberação da ponte Benedito Figueiredo interditada na região do Coxipó.

 

A obra pode ser desbloqueada em até dez dias após uma reforma em caráter emergencial realizado pela Prefeitura de Cuiabá para dar mais fluidez no trânsito e desafogar o acesso na Avenida Fernando Corrêa da Costa.

 

A obra que está com acesso bloqueado pela Defesa Civil desde o dia 16 de fevereiro, apresentou sérios riscos de desbarrancamento em uma das suas cabeceiras.

 

Com o bloqueio, longos congestionamentos foram formados em uma das principais vias de Cuiabá -  ocasionando ainda mais um trânsito já conhecido como 'caótico'.

 

A ponte que interliga o Jardim Califórnia (Av. Beira Rio) ao bairro Cophema (Av. Quidalguro Fonseca) está inserida no pacote de obras previstas para serem entregues na Copa do Mundo de 2014, entretanto até hoje não foi entregue oficialmente pela Secretaria de Cidades (Secid).

 

A prefeitura chegou a notificar a pasta por não ter apresentado nenhum projeto para a resolução do problema na região.

 

A ordem de serviço foi emitida nesta terça (28), para a empresa BR Paving que fará instalação de pranchas de aço sobre a cabeceira. Neste momento, o tráfego estará liberado apenas para veículos de pequeno e médio porte.

 

De acordo com o prefeito, Emanuel Pinheiro - que demonstrou revolta quanto a obra, afirmou que não importa de quem seja a culpa, mas o problema terá que ser resolvido.

 

"Para a sociedade, não interessa a discussão se a responsabilidade é de A ou de B. O problema terá que ser resolvido o quanto antes", disse.

 

Conforme Emanuel, a Semob teve autorização do governo do Estado para intervir pontualmente até que a Secid conclua o processo para o reparo definitivo na cabeceira da ponte. (Com informações da Assessoria)

 

Leia Mais 

Semob anuncia medidas emergenciais no trânsito de Cuiabá

Obra interditada pode ser substituída por ponte de madeira

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia