Única News - Notícias e Fatos com Credibilidade

Sábado, 06 de Maio de 2017, 08h:30

MT mais cinco estados terão verba federal para enfrentar situação de emergência

Da Redação

(Foto: Reprodução)

chuvas.png

 

Mato Grosso junto com os estados da Bahia, Sergipe, Minas Gerais, Pará, e Rio Grande do Sul tiveram suas situações de emergência, reconhecidas nesta sexta-feira (5), pelo Ministério da Integração Nacional, por terem sido afetadas por desastres naturais. 

 

Ao todo são  27 municípios, que terão acesso a ações de apoio emergencial para socorro e assistência à população, restabelecimento de serviços essenciais e recuperação de áreas danificadas. A portaria foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) e tem vigência por 180 dias.  O auxílio federal é complementar às ações do estado e dos municípios.

 

Em Mato Grosso as tempestades provocaram danos nos municípios de Novo Horizonte do Norte, Santo Antônio do Leverger, Rio Branco, Barão de Melgaço, Porto dos Gaúchos e Tabaporã.

 

As enxurradas igualmente afetaram as cidades Itupiranga, no Pará; e Sant’Ana do Livramento, no Rio Grande do Sul. Já as cidades de Quaraí e Alegre, também no estado gaúcho, foram atingidas por inundações.

 

Na Bahia, o reconhecimento federal é decorrente do extenso período de seca e estiagem, nas cidades de Sobradinho, Novo Horizonte, Livramento de Nossa Senhora, Capim Grosso, Mansidão, Cansanção, Senhor do Bonfim e Jeremoabo. Do mesmo modo, a cidade sergipana de Itabaianinha e as regiões de Espinosa, Olhos D’Água, Cristália, Rubim, Glaucilândia, Salinas e Janaúba, em Minas Gerais.

 

Após o reconhecimento do Ministério da Integração Nacional, os estados - para obter auxílio financeiro da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), órgão vinculado ao ministério -, vão ter que apresentar um Plano Detalhado de Resposta (PDR) contendo um diagnóstico dos danos causados. 

 

Os dados são enviados por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2ID). Após a análise, se aprovado, o recurso é definido e autorizado.

 

Nas regiões afetadas por seca e estiagem, a medida viabiliza o fornecimento de água tratada à população, por meio da Operação Carro-Pipa. Além disso, permite acesso a outros benefícios, a exemplo da renegociação de dívidas no setor de agricultura junto ao Banco do Brasil e do apoio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social para a retomada da atividade econômica nas regiões afetadas.