Única News - Notícias e Fatos com Credibilidade

Quarta-feira, 07 de Junho de 2017, 10h:24

Maluf revela que denúncia de corrupção, barrou vaga do Legislativo no TCE

Lara Belizário/Única News

(Foto: AL-MT)

deputado maluf.jpg

 

Em entrevista nesta quarta-feira (7), a uma rádio da Capital, o deputado estadual e secretário da Assembleia Legislativa, Guilherme Maluf (PSDB), afirmou que é inviável, neste momento, a disponibilização de vagas para conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE) para a Assembleia.

 

De acordo com o parlamentar, a liberação para vaga não acontecerá por causa da denúncia de corrupção dentro do TCE.  Seguido do vazamento de trechos da delação de Pedro Nadaf, ex-secretário de Industria e Comercio do governo de Silval Barbosa (PMDB), afirmando que conselheiros do TCE teriam recebido propina para aprovar balancetes anuais da gestão do ex-governador.

 

“Eu não acredito que haverá disponibilidade para vagas para o TCE nesse momento, ou em um curto prazo, em função de todas essas denúncias envolvendo o próprio tribunal”, comenta o deputado.

 

O secretário afirma que, apesar de não poder confirmar, o ex governador estaria ratificando essas denúncias, do TCE, de Pedro Nadaf. O parlamentar também defende que as investigações sejam realizadas com competência e seriedade, já que essa denúncia relata arrecadação indevida, dos conselheiros, de quase R$ 50 milhões de reais. 

 

De acordo com o parlamentar, alguns deputados defendem uma apuração por Comissão Parlamentar de Inquérito, ainda não consolidada. “Solicitei a cópia dessa denúncia do Pedro para saber se não é uma leviandade, do ex-secretario, ou se realmente tem consistência. Vou analisar antes de me posicionar com uma, possível, assinatura a CPI.”

 

O primeiro secretário havia colocado nome para concorrer a vaga como conselheiro do TCE mas a ocupação do cargo dependeria do Supremo Tribunal Federal. (Com dados da Rádio Capital)