Única News - Notícias e Fatos com Credibilidade

Quarta-feira, 16 de Agosto de 2017, 09h:05

Índice alto de drogados na região central resulta em reunião entre as forças de segurança

Da Redação

(Foto: PJC-MT)

Forças de segurança.jpg

 

O crescente número de dependentes químicos perambulando na região central e no Centro Histórico de Cuiabá forçou uma reunião nesta quarta-feira, entre as lideranças da segurança pública estadual e municipal, às 16h, na sede da Sesp, como forma de desenvolver ações conjuntas a serem implantadas na Capital, para coibir o aumento dos furtos. Uma vez que estes espaços têm um grande número de comércio, além do elevado movimento de veículos, motociclistas e pedestre.

 

Dados estatísticos da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) apontam crescimento nos números de furtos na região. Nos sete primeiros meses de 2017 foram registrados 1.032 furtos. No mesmo período de 2016 foram 923 casos.

 

As informações compreendem as regiões Centro Norte e Centro Sul, que abrangem algumas das principais avenidas de Cuiabá, como Mato Grosso a Dom Bosco e proximidades do Porto.

 

O subchefe do Estado Maior, coronel PM Jonildo de Assis, disse que o aumento dos furtos nas áreas centrais tem sido a grande queixa de vários comerciantes.

 

“A Polícia Militar faz rondas diárias pelo local, mas desde a desocupação da Ilha da Banana, os usuários de droga migraram para o centro e tem cometido delitos criminais. Por mais que os autores sejam conduzidos pelos militares para a delegacia, não é possível a imputação criminal, então eles voltam a cometer os furtos”, destacou

 

O representante da Polícia Militar ainda enfatizou que a questão da aglomeração dos usuários de drogas no centro de Cuiabá não é apenas uma questão de segurança Pública, mas também do desenvolvimento social e de saúde. “A Secretaria de Segurança Pública é parceira para desenvolver ações junto ao município para combater os índices de criminalidade”, pontuou.