Única News - Notícias e Fatos com Credibilidade

Quinta-feira, 07 de Dezembro de 2017, 10h:29

Azul cancela voo, deixa passageiros na mão e freta ônibus

Wellyngton Souza

(Foto: Reprodução)

14183980.jpeg

 

Uma notícia inesperada deixou passageiros da companhia Azul frustrados e no prejuízo a caminho de Goiânia (GO) com saída de Cuiabá na manhã desta quinta-feira (7). A empresa cancelou um voo e teve que fretar em um ônibus de Brasília até o destino final para os passageiros com pelo menos duas horas de viagem.

 

Ao Site Única News, a jornalista Jéssica Moreira, denunciou o descaso da empresa e relatou que se programou com antecedência para uma conferência de uma semana em Goiânia, no entanto, o que era para ser uma viagem de curta duração e com conforto, se tornou uma dor de cabeça.

 

“Eu fiz a compra da passagem aérea e gastei R$ 700 de Cuiabá para Goiânia sem escala. Porém, quando estávamos sobrevoando Goiânia, a aeronave recebeu uma ordem de São Paulo alegando que não poderia seguir viagem por conta do mal tempo e que teríamos que desembarcar em Brasília (BSB), apenas os passageiros que iria para GO. Durou aproximadamente 40 minutos”, disse.  

 

A jornalista informou que no aeroporto, os funcionários da Azul disseram que não teriam outro voo disponível para o destino e que fretaria um ônibus para poder seguir viagem com os passageiros. “Eles simplesmente disseram que não poderia fazer outra coisa e que essa seria a única alternativa. Até informaram que disponibilizaria um café da manhã como forma de compensar pelo imprevisto, mas nem isso fizeram”, desabafou.

 

(Foto: Divulgação)

WhatsApp Image 2017-12-07 at 08.54.47.jpeg

 

Jéssica saiu do Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, com embarque agendado às 4h50 [da madrugada], até o momento sem nenhum problema. A previsão de chegada em Goiânia era por volta das 7h10.  De acordo com Jéssica, há poucos minutos de descer no destino, o comandante informou que não foi autorizado o pouso.

 

“Tivemos que ir para Brasília e lá começou toda uma confusão pelo que fizeram com a gente. Entendemos a situação do mal tempo, mas fretar um ônibus para nós que compramos passagens aéreas foi muito errado. O voo estava lotado, tinha crianças de colo, maiores de idade e idosos. As pessoas com prioridade foram colocadas em um micro-ônibus. Diversas pessoas perderam outras conexões, eu perdi o primeiro dia da conferência, saímos no prejuízo total. Nunca mais pretendo voar com essa companhia e não recomendo”, finalizou.

 

A reportagem tentou contato com assessoria de imprensa, mas as ligações não foram atendidas ou retornadas.