Única News - Notícias e Fatos com Credibilidade

Terça-feira, 24 de Maio de 2016, 09h:50

Emprega Rede já atendeu 1.500 trabalhadores

DA REDAÇÃO

O Emprega Rede, programa de governo lançado em junho do ano passado com foco na inclusão socioprodutiva da população vulnerável, está garantindo atendimento diferenciado a este público e o aumento do número de inserções no mercado de trabalho.

Um dos serviços ofertados por meio do programa, o único do país nesta modalidade de acordo com a Organização Internacional do Trabalho (OIT), é o atendimento psicossocial, como ocorre no Sine Matriz, em Cuiabá. A equipe, formada por psicólogo e assistente social, atende em média 20 trabalhadores por dia, o que representa aproximadamente 1.500 atendimentos em 2016.

O secretário de Estado de Trabalho e Assistência Social, Valdiney de Arruda, explica que o atendimento psicossocial contribui para a inclusão de pessoas com deficiência, jovens, adolescentes do sistema socioeducativo, mulheres vítimas de violência e demais pessoas que apresentam dificuldades para ingressar no mercado de trabalho e precisam do auxílio destes profissionais para se habilitar a uma vaga.

Segundo o secretário, a disponibilização da equipe psicossocial é fundamental para o sucesso do Emprega Rede. “Algumas dificuldades encontradas para acesso a uma vaga de emprego podem ser solucionadas por meio do atendimento psicossocial. Podem ser pessoas com baixa autoestima, com algum tipo de dependência, traumatizadas pela violação dos direitos, como egressos do trabalho escravo e infantil”, observa.

Sensibilização

Outro grande avanço deste ano por meio do Emprega Rede foi a parceria com a Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE) para a sensibilização da classe empresarial quanto a importância da contratação de pessoas com deficiência (PCD) e jovens pelo sistema de aprendizagem.

“A Superintendência convocou e os empresários compareceram para estas reuniões de sensibilização. E este tipo de abordagem será uma rotina na Setas porque o propósito do governo é ampliar a inserção do jovem de forma segura, evitando a evasão escolar, e também garantindo espaço para as PCDs no mercado”, pontua o secretário. Cerca de 170 empresários participaram da reunião sobre aprendizagem e que resultou na abertura de 50 vagas para jovens.

Prepara Mais

Um curso preparatório para Enem e Vestibulares, em forma de aplicativo, será lançado dia 07 de junho pelo Governo do Estado, por meio da Setas e do Núcleo de Ações Voluntárias (NAV), dentro do Emprega Rede. “O curso é para pessoas em condição de vulnerabilidade, para que possam melhor se preparar para ingressar em uma faculdade e, assim, se qualificar para disputar uma vaga no mercado de trabalho”, informa o secretário Valdiney de Arruda.