Cuiabá, 25 de Junho de 2024

JUDICIÁRIO Terça-feira, 30 de Janeiro de 2024, 13:09 - A | A

30 de Janeiro de 2024, 13h:09 - A | A

JUDICIÁRIO / FEMINICÍDIO EM LUCAS

MP denuncia homem que matou ex a facadas em rodoviária

Marcelo Ochoa de Freitas foi indiciado pelos crimes de feminicídio qualificado por motivo torpe, meio cruel e dissimulação.

Ari Miranda
Única News



(Foto: Reprodução)

MARCELO OCHOA, FRANCISCA ALVES.jpg

No detalhe, o autor do feminicídio, Marcelo Ochoa de Freitas e a vítima, Francisca Alves Nascimento.

O Ministério Público de Mato Grosso (MPMT) ofereceu denúncia na manhã desta terça-feira (30), contra Marcelo Ochoa de Freitas, assassino de Francisca Alves do Nascimento (35), morta a facadas em frente à Rodoviária de Lucas do Rio Verde (332 Km de Cuiabá), no dia 15 de janeiro deste ano.

Marcelo foi autuado pelos crimes de feminicídio qualificado por motivo torpe, meio cruel e dissimulação. Além disso, o MP requereu o pagamento de indenização à filha da vítima, para fins de reparação do dano causado pelo crime.

Segundo as investigações, o casal manteve um relacionamento conturbado, com várias idas e voltas ao longo de 4 anos. Na noite do crime, segundo o assassino, Francisca teria ido ao local para tentar impedi-lo de ir embora da cidade, momento em que ele disse ter sentido uma “explosão de raiva” e desferiu os golpes de faca na ex.

No entanto, tudo se comprovou uma mentira, mostrando o crime de dissimulação. Na verdade, Marcelo chamou a filha de Francisca ao local para "se despedir". No local, os dois tiraram uma foto e mandaram para a mulher. E apenas por causa da filha ela foi até o local.

Imagens de uma câmera de segurança mostram o momento que a vítima se aproxima do ex-marido e é encurralada por ele em um canto. A partir daí, Marcelo começa a agredir e esfaquear a mulher, que cai no chão. Mesmo assim, as agressões continuam.

Francisca tentou reagir, porém foi impedida pelo agressor, que se ajoelhou sobre seus braços e desferiu vários socos e facadas contra ela. Em seguida, Marcelo se levanta e foge do local. A mulher chega a caminhar por alguns metros, porém caiu logo em seguida e foi socorrida por uma ambulância, mas morreu a caminho do hospital.

Logo após o feminicídio, o criminoso foi detido por populares, já tentando embarcar em um ônibus de viagem na rodoviária. A Polícia Militar foi acionada e o criminoso foi preso em flagrante.

LEIA MAIS SOBRE O CASO:

- Mulher é morta a facadas pelo ex-marido em Lucas do Rio Verde

- Juiz manda investigar policiais após feminicida reclamar de tratamento em delegacia

- Homem é indiciado por encurralar ex e matar vítima com facadas no pescoço e rosto

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3

Comente esta notícia