Cuiabá, 30 de Maio de 2024

POLÍCIA Terça-feira, 25 de Abril de 2017, 14:11 - A | A

25 de Abril de 2017, 14h:11 - A | A

POLÍCIA / CASO GANHOU REVOLTA

Cadela vítima de estupro em Cuiabá é resgatada

Wellyngton Souza / Única News



(Foto: Divulgação)

IMG-20170425-WA0021.jpg

 

A Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema) resgatou a cadela que aparece em vídeo de sexo gravado pelo estudante Hemerson Fernandes Pedroso.

 

O animal, de nome “Branquinha”, foi encontrado no bairro Pedra 90, na manhã desta terça-feira (25), e será entregue para uma entidade de proteção aos animais, assim como outros dois cães resgatados no  último sábado (22).

 

O jovem teve o mandado de prisão temporária de cinco dias, cumprido no começo da noite de segunda-feira (24), após se apresentar na Dema. Ele responde inquérito policial por maus tratos de animais e associação criminosa, em razão de haver suspeita que ele  seja membro de um grupo de zoófilos - pessoas que têm atração e envolvimento sexual com animais de outras espécies.

 

O rapaz aparece em imagens mantendo relação sexual com uma cadela. O vídeo circulou na semana passada nas redes sociais e causou revolta na sociedade e em diversas Organizações Não-Governamentais (Ongs) de proteção aos animais.

 

A cadela estava em poder de uma pessoa que recebeu o animal e entrou em contato com os policiais da Dema, para fazer a entrega. Conforme a Dema, desde a notícia do vídeo, a Polícia Civil realizou diversas diligências pela região de moradia do estudante e fez contato com mais de 50 moradores.

 

Aos policiais, Emerson contou que a cadela foi recolhida na rua e estava há cerca de 4 meses em sua casa, local onde havia mais três animais. Ele também disse que desde a divulgação do vídeo passou a receber ameaças e sua casa foi invadida e saqueada.  

 

Nesta terça, ao site Única News, o advogado de defesa de Hemerson Fernandes, afirmou que na última quinta (20), quando saia de casa para se entregar a polícia, suspeitos foram até a sua residência e disparam contra ele. “O carro e a residência do jovem foram completamente atingidos”, diz Rodrigo Lázaro de Souza Neto. (Com informações da Assessoria)

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3