Cuiabá, 25 de Maio de 2024

POLÍCIA Domingo, 22 de Outubro de 2017, 10:57 - A | A

22 de Outubro de 2017, 10h:57 - A | A

POLÍCIA / VAN CAPOTOU

Coreógrafo do Flor Ribeirinha afirma que estar vivo é um presente de Deus

Rayane Alves



(Foto: Divulgação)

Flor Ribeirinha.jpg

 

Depois de receber várias mensagens de apoio a todos os membros do grupo Flor Ribeirinha, que acabou sofrendo um acidente após o capotamento da van na BR-364, próximo a cidade de Nobres, distante a 151 km de Cuiabá, o coreógrafo e diretor artístico do grupo, Avinner Augusto, mandou informações sobre o estado das vítimas que se recuperam em três hospitais de Mato Grosso.

 

Conforme o diretor, ao menos 30 pessoas foram envolvidas no acidente entre elas a fundadora e presidente do grupo, Domingas Leonor. O acidente foi registrado a 30 km antes da chegada dos músicos e dançarinos para participar de uma programação.

 

“A van acabou capotando. Chovia muito no momento do acidente e bastante pessoas ficaram feridas. Mas, apesar de ter colegas feridos e com membros do corpo quebrado nós estamos todos vivos. O acidente foi bem feio e estar vivo hoje é um presente de Deus. Pedimos oração para que Deus nos proteja e todos saiam bem dos hospitais”, disse o diretor.

 

Conforme informações da assessoria, o Flor Ribeirinha de São Gonçalo Beira Rio, se deslocava no início da noite de sábado (21) para Diamantino, para realizar uma apresentação social, com a finalidade de contribuir com o hospital local, como parte da campanha Outubro Rosa, de combate ao câncer de mama.

 

O grupo seguia em dois veículos, um micro ônibus da prefeitura de Diamantino e uma van terceirizada com 30 pessoas. Na BR 364, próximo ao município de Nobres, a van saiu da pista e capotou duas vezes.  Antes estava sendo noticiado, que o micro-ônibus era o veículo capotado. Porém, a assessoria disse que no micro-ônibus tinha apenas algumas pessoas do grupo e mais o material necessário, como os figurinos e adereços para a apresentação do grupo.

 

Alguns dos dançarinos e músicos tiveram fraturas e foram encaminhados para os hospitais de Nobres e de Diamantino, outros para o Pronto Socorro de Cuiabá.        

 

Na manhã deste domingo (22), a assessoria da Rota do Oeste emitiu um comunicado para informar que atendeu 10 das vítimas, sendo que oito delas estavam em estado leve e duas em estado moderado.

 

Dois dos passageiros foram levados para o PS de Cuiabá  e oito levadas para o Hospital Laura de Vicuna, em Nobres.

 

Outras pessoas foram socorridas ainda pelas ambulâncias de Nobres  e Diamantino. O veículo foi removido da pista e levado para o Posto Gil. A rodovia foi totalmente liberada às 23h18. Somente uma faixa da pista sul foi interditada.

 

A secretaria de Comunicação de Cuiabá, também informou que o prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) entrou em contato com o prefeito de Diamantino, Eduardo Capistrano (PDT) e o secretário da Sec 300, Júnior Leite, manteve o contato com a vice-prefeita de Nobres, Paulina Dias da Silva, para conceder leitos as vítimas.

 

“Outras nove pessoas foram levadas para o Hospital de Nobres sem risco de morte e duas pessoas em estado mais delicado foram trazidas na madrugada de hoje para a rede municipal cuiabana. Outras medidas com relação a logística também devem ser tomadas”, disse a secretaria.

 

Do quintal para o mundo 

 

Com o espetáculo “Mato Grosso dançando o Brasil”, o grupo de dança Flor Ribeirinha conquistou o 1º lugar em um Festival realizado em Istambul, na Turquia. 

 

O 18° Festival Buyukçekmece de Cultura e Artes contou com participação de 97 representantes de diversos países do mundo.

 

No considerado maior festival de cultura do mundo, a comunidade ribeirinha do São Gonçalo Beira Rio levou o Siriri e a história da tradição do povo cuiabano para ter o reconhecimento no mundo. O espetáculo também contou com vários ritmos.

 

 

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3