Cuiabá, 27 de Maio de 2024

POLÍCIA Quarta-feira, 15 de Maio de 2024, 12:17 - A | A

15 de Maio de 2024, 12h:17 - A | A

POLÍCIA / LEVOU CINCO TIROS

Criminosos que tentaram matar "Boneco" são presos; vítima está na UTI

Nivaldo está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital e aguarda transferência para uma unidade de saúde em Cuiabá

Christinny dos Santos
Única News



Dois criminosos que tentara matar Nivaldo Ramos, conhecido como “Boneco”, foram presos pela Polícia Civil, nessa terça-feira (14), em Juína. Um dos bandidos, identificado como W.C.S., entrou na lanchonete onde a vítima trabalhava e a alvejou com cinco tiros, enquanto L.C.B.F. aguardava do lado de fora, em uma mota.

Vídeo registrado por câmera de segurança registrou o momento em que Boneco foi baleado. Veja o vídeo abaixo.

A vítima, de 55 anos, foi socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhada a uma unidade de saúde, onde passou por cirurgia de emergência. Nivaldo está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital e aguarda transferência para uma unidade de saúde em Cuiabá. Conforme o boletim médico mais recente, o estado de saúde dele é gravíssimo.

Após o crime, a dupla fugiu em uma motocicleta, mas foi localizada pela polícia horas depois. Em uma residência no bairro Módulo 06, os policiais civis localizaram W.C.S., que quebrou o aparelho celular quando percebeu a chegada das autoridades. Na frente da mãe, ele tentou negar teria saído de casa na noite do crime, mas a mulher informou que ele estava mentindo.

A equipe de investigação continuou as buscas pelo piloto da motocicleta. O veículo foi encontrado no quintal da casa do suspeito, contudo, ele não estava no local. L.C.B.F., foi localizado na obra do Hospital Regional, onde foi preso.

L.C.B.F. confirmou que estava pilotando a motocicleta e que W.C.S. foi o responsável pelos disparos. Ele disse ainda ter sido obrigado a pilotar o veículo porque tem dívidas com uma facção criminosa e informou onde deixou as roupas usadas no momento do crime e todo o trajeto feito momentos antes e depois da tentativa de execução.

A Polícia Civil continua com a investigação para esclarecer a motivação do crime ainda e localizar a arma de fogo utilizada.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3