Cuiabá, 26 de Maio de 2020

POLÍCIA
Sexta-feira, 10 de Abril de 2020, 09h:48

ATO DE COVARDIA

Empresário que deu tapa no rosto de pedinte será investigado pela Polícia Civil

Euziany Teodoro
Única News

Reprodução

A Polícia Judiciária Civil informou que vai investigar Adonias Correia Santana, empresário do ramo madeireiro, que fingiu que ajudaria um pedinte nas ruas de Sinop (a 503 km de Cuiabá), mas decidiu dar um tapa da cara do homem no momento de entregar uma nota de dinheiro.

Adonias, que é conhecido como "Tiririca" em Tabaporã (a 478 km de Cuiabá), onde tem uma madeireira, já responde a mais de 20 processos, de acordo com sites jurídicos.

Reprodução

Empresário agride pedinte

 

O vídeo da agressão ganhou as redes sociais e veículos de comunicação nessa quinta-feira (9). Nele, Adonias aparece abordando um morador de rua e oferecendo ajuda. Primeiro, ele oferece R$ 20 e começa uma conversa, falando sobre a crise e sobre as pessoas estarem realmente passando fome. O homem responde que sim, que "ninguém está ajudando, porque não está correndo dinheiro".

O empresário, que está em uma caminhonete na companhia de outra pessoa, que dirige, pede que o pedinte chegue mais perto "para perguntar uma coisa". Neste momento, desfere um tapa na cara do homem: "Quer mais um? Vai trabalhar, vagabundo", disse o agressor.

Surpreso, o pedinte fica sem reação e apenas se afasta.

A Polícia Civil informou que identificou a vítima e a levou para registrar a denúncia. Dessa forma, o empresário pode ser formalmente invetsigado pelo crime.

Veja a nota

Consoante imagens postadas, em que um morador de rua sofre uma injusta agressão, a Polícia Civil de Sinop informa que a vítima já foi identificada e conduzida para registro da correspondente ocorrência policial. Após a arregimentação das informações preliminares, a equipe investigativa já identificou e qualificou os suspeitos da ação. Esclarecemos ainda que de imediato não foram localizados, mas nos próximos dias todas as diligências serão empreendidas para que os autores da ação serão devidamente responsabilizados.

A Polícia Judiciária Civil de Sinop não coaduna com qualquer ofensa à dignidade da pessoa humana e preza, antes de tudo, pela elucidação de todos os delitos que ofendem a ordem pública.

Veja o vídeo da agressão.


3 COMENTÁRIOS:







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.

Oliveira   10-04-2020 18:40:15
Oliveira , seu comentário foi vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas

Cleyton Braga  10-04-2020 14:43:31
Que a justiça seja feita, e esse covarde pague.

Responder

1
1
Selma  10-04-2020 13:43:33
Selma, seu comentário foi vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas


MATÉRIA(S) RELACIONADA(S)




VÍDEO PUBLICIDADE