Cuiabá, 27 de Maio de 2024

POLÍCIA Sexta-feira, 24 de Março de 2017, 14:34 - A | A

24 de Março de 2017, 14h:34 - A | A

POLÍCIA / AÇÃO DO GCCO

Funcionário de empresa de segurança é preso por furto em BB de Cuiabá

Diligências confirmaram que o funcionário havia ofertado os equipamentos por cerca de R$ 3,4 mil

Karollen Nadeska / Única News



 

 

(Foto: Reprodução)

gcco1700.jpg

 

A Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), esclareceu nesta quinta-feira (23), o furto de duas armas de fogo de uma agência do Banco do Brasil de Cuiabá. Um dos suspeitos era funcionário de uma empresa terceirizada contratada pelo BB e ter sido o autor do delito.

 

De acordo com a Polícia Civil, a ação resultou na prisão de duas pessoas, sendo David Alves da Silva, de 30 anos e Wanderlei Moreira, de 40, que teria comprado as armas por R$ 3,4 mil.

 

O fato foi registrado no último sábado (18), em uma agência bancária localizada no Centro da Capital. Após ser tomar conhecimento da situação, o GCCO iniciou as investigações e conseguiu identificar David como autor do crime – ele trabalhava como segurança para a empresa “Protege”.

 

Na quinta-feira (23), os policiais foram até a casa do suspeito, no bairro Pedra 90, onde apreenderam munições calibre 38, furtadas do cofre do banco. Questionado sobre as armas, David disse que havia vendido os equipamentos de fogo para o Wanderlei, um deles na noite de domingo (19) e o outro naquele mesmo dia, pelo valor de R$ 1,7 mil cada.

 

Em continuidade as diligências, os investigadores foram até a casa do segundo suspeito, no bairro Nova Esperança, e encontraram uma das armas. No interrogatório, ele confessou ter adquirido uma das armas e posteriormente revendido a outra. (Com PC)

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3