Cuiabá, 25 de Maio de 2024

POLÍCIA Domingo, 17 de Dezembro de 2017, 09:42 - A | A

17 de Dezembro de 2017, 09h:42 - A | A

POLÍCIA / ASSALTO EM RESIDÊNCIA

Homem fica com pescoço preso em janela e morre sufocado

Wellyngton Souza



(Foto: Reprodução)

PM MT .jpg

 

Morador do bairro Jardim Assunção, em Rondonópolis (a 220 km de Cuiabá), encontrou um suspeito que morreu sufocado ao tentar entrar pela janela de um dos quartos na madrugada deste domingo (17).

 

De acordo com informações do boletim de ocorrência, o rapaz chegou a residência por volta das 1 horas da manhã, quando se deparou com o suspeito, que não teve a identidade revelada, preso com o pescoço na janela. 

 

A Polícia Militar chegou até o local com uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que constatou a morte da vítima. O rapaz não portava nenhum tipo de documento.

 

O corpo do homem foi encaminhado Instituto Intituto Médico Legal (IML) do município. A Polícia Civil investiga o crime. 

 

Homem é preso por se apropriar de aposentadoria de idosa e de deficiente

 

Um homem foi preso, nesta sexta-feira (15), em Tesouro (a 379 km de Cuiabá), por se apropriar da aposentadoria de uma idosa e de seu filho deficiente. A prisão aconteceu por meio de uma operação intitulada “Benefício” que tinha o objetivo de apurar a ação do suspeito.

 

O acusado, Élio Brandão, estava com mandado de prisão preventiva em aberto, expedido pela comarca da Joinville (SC), pelo crime de estupro de vulnerável. No momento da sua prisão, Élio estava na companhia de, Claudecir de Moura, que estava com a ordem de prisão decretada por homicídio.

 

As investigações da operação integrada da Polícia Judiciária Civil e Polícia Militar, começaram após uma denúncia anônima sobre a apropriação indevida do cartão de benefícios da idosa, de 78 anos, e de seu filho deficiente. Segundo o apurado, há mais de um ano, Élio, estava em poder dos cartões de acesso a conta dos benefícios, ficando com o dinheiro das duas aposentadorias.

 

Ainda durante as investigações, testemunhas relataram que o suspeito ameaçava a idosa e agredia fisicamente o filho deficiente da vítima. Ele, aproveitando da condição humilde da família, também abriu uma empresa em nome de outra filha da idosa.

 

Com a informação de que o suspeito tinha um mandado de prisão em aberto, os policiais realizaram a sua abordagem, momento que foi flagrado em poder dos cartões das vítimas. Diante do flagrante, Élio foi conduzido a Delegacia de Guiratinga, onde teve a ordem de prisão cumprida e foi autuado pelo crime de apropriação indébita.

 

Claudecir de Moura que estava com Élio, no momento da sua prisão, também teve o nome checado no sistema, sendo constatado o mandado de prisão em aberto em seu nome, pelo crime de homicídio. Os dois foram conduzidos a Delegacia de Guiratinga.

 

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3