Cuiabá, 25 de Julho de 2024

POLÍCIA Segunda-feira, 24 de Junho de 2024, 16:34 - A | A

24 de Junho de 2024, 16h:34 - A | A

POLÍCIA / TERROR EM CASA

Homem mantém esposa e filho de 10 anos em cárcere privado por 1 mês em Cuiabá

Vítimas foram submetidas a violência física e psicológica. Suspeito já havia sido preso anteriormente por violência doméstica, porém foi solto por decisão judicial.

Ari Miranda
Única News



Um homem de 37 anos, que não teve a identidade revelada, foi preso em flagrante por policiais civis na manhã desta segunda-feira (24), em Cuiabá, pelos crimes de violência doméstica e cárcere privado, cometidos contra a esposa de 37, e o filho do casal, de 10 anos. A prisão foi efetuada pela equipe da equipe do Plantão de Atendimento a Vítimas de Violência Doméstica e Sexual da Capital.

Segundo a vítima, que era casada há 15 anos com o agressor, ela e o filho eram mantidos em cárcere privado na própria casa há quase um mês, período em que foram submetidos a violência física e psicológica pelo suspeito, que segundo a vítima é bastante agressivo.

Em depoimento, ela disse que o esposo, que já possui diversas passagens criminais, uma delas por violência doméstica, chegando a ser preso pelo crime e posteriormente solto, voltando para casa após sair da cadeia.

Após o regresso, segundo a mulher, o criminoso ficou ainda mais agressivo, ressaltando ainda que já havia solicitado medidas protetivas de urgência à Justiça em duas ocasiões anteriores, porém, o marido nunca cumpriu as determinações judiciais, até que no mês de maio ela e seu filho passaram ficar trancados em casa.

Desde então, ela e o filho passaram a sofrer constantemente agredidos psicológica e fisicamente, com tapas, puxões de cabelo, socos e chutes, além do suspeito trancar as portas e portões da casa, impedindo as vítimas de sair e também de se comunicar com parentes ou qualquer pessoa de fora, deixando inclusive o garoto sem ir na escola durante todo o período do cárcere.

Todavia, nesta segunda-feira (24), aproveitando um momento de descuido do agressor, a mulher conseguiu fugir de casa sem o filho e procurou o Plantão de Violência Doméstica no bairro do Planalto, onde foi atendida pela equipe policial.

Entendendo se tratar de situação de flagrante, o delegado plantonista Ricardo Franco determinou que uma equipe policial fosse imediatamente até a residência, onde foi realizada a prisão em flagrante do suspeito, que foi conduzido até a delegacia, onde após ser interrogado, foi autuado em flagrante pelos crimes de ameaça, lesão corporal, sequestro e cárcere privado no âmbito da Lei Maria da Penha.

Após receber escolta policial para retirada dos pertences da residência, mãe e filho foram encaminhados para uma casa de amparo.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3