Cuiabá, 19 de Maio de 2024

POLÍCIA Segunda-feira, 13 de Março de 2017, 11:40 - A | A

13 de Março de 2017, 11h:40 - A | A

POLÍCIA / VEJA VÍDEO DE INCÊNDIO

Homem mata professora a facadas e depois tira a própria vida em Brasnorte

Professora ligou para uma amiga avisando da situação, mas foi morta antes que a PM chegasse ao local

Karollen Nadeska / Única News



(Foto: Reprodução)

karollen

Professora Nair Anathalia de Jesus, assassinada na noite deste domingo (12), em Brasnorte

A professora Nair Anathália de Jesus, de aproximadamente 52 anos, foi assassinada a facadas pelo próprio namorado na noite deste domingo (12), em Brasnorte, ao Norte do Estado (600 km distante de Cuiabá). O suspeito também morreu, depois de ter ateado fogo na casa com ele dentro. Além disso, teria atirado contra a própria cabeça, supostamente arrependido do de delito.


Conforme o delegado da cidade, a vítima ainda tentou se comunciar com uma amiga, por telefone, antes de morrer.



"Os familiares informaram que ela tentou se esconder no banheiro da residência e em seguida ligou para uma amiga pedindo socorro, porque o 'companheiro' estava com uma faca na mão", contou o delegado.



Conforme informações colhidas com a Polícia Militar, o casal morava há quatro anos juntos e por algum motivo, ainda não descoberto, teria começado uma discussão violenta por volta das 22h.

No entanto, a mulher não conseguiu se esconder por muito tempo e acabou sendo morta a facadas.


A PM chegou ao local assim que recebeu a denúncia da amiga da professora. Mas, o suspeito já havia espalhado combustível pela casa e na sequência ateado fogo.



As chamas estavam tão altas que os polciais tiveram que receber apoio do Corpo de Bombeiros para ação de combate naquele momento.



Dois veículos de pertence do casal foram retirados do quintal, para que não houvesse maiores explosões ou alastramento na vizinhança.



O Serviço de Atendimento Móve de Urgência (Samu) também foi acionado na intenção de socorrer as vítimas, mas ambos foram constatados como mortos.



O caso passa a ser investigado pela Polícia Civil de Brasnorte.

(Com Cadeia Neles)

 

Veja o vídeo:

 

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3