Cuiabá, 15 de Junho de 2024

POLÍCIA Quarta-feira, 08 de Maio de 2024, 17:05 - A | A

08 de Maio de 2024, 17h:05 - A | A

POLÍCIA / CRIME MACABRO

Mulher que ajudou a matar irmãos de 8 e 9 anos no interior de MT é presa em Cuiabá

Vítimas foram torturadas, mortas e violentadas após serem atraídas para uma cilada com a ajuda de dois adolescentes, um deles primo das vítimas.

Ari Miranda
Única News



Uma mulher de 30 anos, que não teve sua identidade revelada, foi presa pela equipe da Gerência Estadual de Polinter e Capturas, da Polícia Civil, na terça-feira-feira (8), no bairro Morada do Ouro, em Cuiabá. Contra ela, pesava um mandado de prisão em aberto pelo assassinato de dois irmãos, de 8 e 9 anos, na cidade de Cáceres (220 Km de Cuiabá).

Segundo a Polícia Civil, o crime aconteceu em 4 de dezembro de 2013. Greivison (8) e Greison Azevedo Ribeiro (9) foram mortos pela mulher, na época com 19 anos, que ainda contou com a ajuda de uma garota de 11 anos, um adolescente de 13 e outro de 15, que eram vizinhos e primo das vítimas.

As vítimas foram levados para uma área à beira do rio Paraguai, atraídos pelo primo deles, que os havia convidado para um banho de rio. No local escolhido, Greison e Greivison foram torturados e mortos, na prática conhecida como “caldo”, onde a vítima tem a cabeça violentamente mergulhada na água para se asfixiar.

Após matarem as vítimas, os dois adolescentes praticaram sexo com os corpos. Em seguida, um dos cadáveres ainda foi decapitado pelos dois infratores. Uma terceira vítima, de 7 anos, também foi levada para o local, porém conseguiu fugir da mulher presa em Cuiabá, que o estava segurando para ser a próxima vítima dos dois adolescentes.

De acordo com as investigações, o duplo homicídio foi cometido por motivo fútil: uma desavença entre familiares. Em depoimento à época do crime, o primo das vítimas, de 15 anos, confessou ter matado os primos para se vingar do tio dele, pai das vítimas. Ele contou que quando era criança, o tio o agrediu, provocando um corte em sua cabeça.

A suspeita, que inicialmente responderá pelo crime de homicídio qualificado, foi conduzida à sede da Polinter para as providências e encaminhada para audiência de custódia no Fórum de Cuiabá, ficando à disposição do Poder Judiciário.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3