Cuiabá, 19 de Maio de 2024

POLÍCIA Domingo, 19 de Novembro de 2017, 08:56 - A | A

19 de Novembro de 2017, 08h:56 - A | A

POLÍCIA / ESTATÍSTICA

Pedra 90 e Tijucal estão entre os bairros com maior incidência de violência doméstica

Da Redação



Reprodução

violencia domestica

 

Um estudo estatístico solicitado pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher (DEDM) de Cuiabá, mostra que as ocorrências de violência doméstica contra a mulher estão pulverizadas em 265 bairros, na Capital. Domingo, sábado e quarta-feira são os dias com maior incidência de registros, na faixa horária das 18 horas a meia noite.

 

 O relatório foi elaborado pelo Núcleo de Inteligência da Delegacia Regional de Cuiabá, a pedido da Delegacia, que busca formatar novas atividades preventivas.

 

Foram analisadas 7.830 ocorrências, entre os meses de janeiro e setembro dos anos de 2016 e 2017.  No ano de 2016, os registros se concentraram em 251 bairros. Já em  2017, as ocorrências apareceram em 265 bairros.

 

Nesse cenário, os bairros com maiores índices de registro são: Pedra 90, com 4% do total de ocorrências envolvendo violência doméstica, Dom Aquino, onde concentraram 3,38% dos registros, Centro Norte, com 2,08%, CPA III e Tijucal, com 2,05% de ocorrências registradas. 

 

A delegada titular da DEDM de Cuiabá,  Jozirlethe Magalhães Criveletto, salientou que a diferença em percentual quanto às incidências por bairros é muito pequena. “Neste moldes, verifica-se que entre os cinco primeiros lugares e os próximos quinze nesse ranking, a margem de diferença é de apenas 0,3 a 1,0% entre eles. Dessa forma encontram-se nesse rol alguns bairros, tais como: Santa Izabel, Boa Esperança, Altos da Serra, Jardim Vitória, Planalto e Doutor Fábio Leite", explicou à delegada

 

De janeiro a setembro de 2016, foram analisados 3.462 ocorrências, comparadas com 4.368 ocorrências registradas no mesmo período de 2017, constatando  que houve um aumento de 26,17% do total de ocorrências.

 

No ano de 2016, o estudo demonstra que os dias da semana com maior incidência de violência doméstica foram o domingo, com 17,59% das ocorrências e o sábado em segunda posição, com 15,77% do total de registros. A faixa horária com maior número de crimes é das 18h00 às 23h59. O mês que obteve mais ocorrências nesse horário foi julho.

 

Em 2017, o levantamento revela que o maior número de registros de violência contra a mulher, em primeira posição, a semelhança de 2016, ocorreu no domingo, cerca 16, 55%. A faixa horária de maior incidência também foi das 18h00 às 23h59. O mês de junho apresentou a maior incidência de registros no horário. Na análise, chamou atenção o aparecimento da quarta-feira, na segunda posição, com o total de 14,45% do total de registro.

 

De acordo com a delegada, considerando o número elevado de bairros com registros de violência doméstica, sendo 265 somente em 2017, é facilmente notado que, em menor ou maior proporção, as ocorrências que envolvem esse tipo de violência estão pulverizadas na Capital.

 

"Os dados demonstram a importância de que o estado encontre meios eficazes de trabalhar a prevenção. O 11º Anuário de Segurança Pública divulgado recentemente ressaltando o crescimento nos registros de ocorrência relativos a estupro, bem como, de feminicídios em Mato Grosso, só reforçam essa importância", frisa.

 

Para a delegada, embora o fenômeno da violência doméstica seja complexo, políticas públicas voltadas à transformação de valores discriminatórios, da eliminação dos preconceitos, do respeito ao ser humano, são absolutamente necessárias para a mudança dos padrões sociais que conformam essa violência.

 

16 Dias de Ativismo

Bairros afetados com índices de violência doméstica foram escolhidos para receber o mutirão de atendimentos, durante os 16 Dias de Ativismo pelo fim da violência contra a mulher. As ações integram trabalho desenvolvido pela Delegacia da Mulher de Cuiabá, em parceria com Conselho Estadual dos Direitos da Mulher.

 

A Delegacia Móvel da Mulher estará com equipe completa nos bairros: Pedra 90, dia 24/11 - quadra coberta da praça; Planalto, no dia 28/11 - Centro Referencial de Desenvolvimento Humano, Jardim Vitoria no dia 01/12 – Praça Cultura, e Dom Aquino, em 05/12 - na Praça Cultural.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3