Cuiabá, 20 de Julho de 2024

POLÍCIA Sexta-feira, 17 de Maio de 2024, 15:49 - A | A

17 de Maio de 2024, 15h:49 - A | A

POLÍCIA / ESCAPOU POR POUCO

PM frustra tentativa de execução do “tribunal do crime” e prende oito faccionados

Polícia recebeu denúncia anônima e apreendeu cinco adolescentes e três pessoas, com idades entre 18 e 20 anos.

Ari Miranda
Única News



Policiais militares impediram uma tentativa sequestro e execução na madrugada desta sexta-feira (17), contra uma jovem de 18 anos, que não teve sua identidade revelada. O fato aconteceu no bairro Vila Real, em Cáceres (220 Km de Cuiabá).

Na ação, cinco menores de idade, com idades entre 14 e 17 anos, foram apreendidos. Outras três pessoas, de 18 a 20 anos, foram presas pelos crimes.

Segundo o boletim de ocorrência, por volta de 1h20 da madrugada, as equipes receberam informações de que um grupo de faccionados estava se deslocando para uma residência, para sequestrar e executar uma jovem, que havia sido sentenciada à morte pelo “tribunal do crime”.

Após a denúncia, os policiais militares intensificaram o policiamento na região para localizar e deter os suspeitos, que foram presos em flagrante nas proximidades da casa da vítima.

Assim que viram a viatura, os criminosos correram em direções opostas, na tentativa de despistar os policiais. Contudo, foram abordados e presos em ruas próximas da casa onde iriam sequestrar o alvo.

Questionados sobre a denúncia, os suspeitos, cinco adolescentes e três adultos, confessaram que planejavam sequestrar a jovem, que seria levada para um local abandonado fora da cidade e executada em seguida.

Aos policiais, o bando informou que recebeu ordens de outros faccionados para matar a jovem, pois ela estava se envolvendo com integrantes de uma facção rival. Uma das suspeitas foi usada pelo grupo como “isca” para atrair a mulher à casa, enquanto o restante da quadrilha daria suporte na execução.

Na ação, um dos adultos tentou fugir, porém acabou caindo, após pular muros de residências e apresentava vários ferimentos devido à queda. Ele e o restante do bando foram conduzidos à Delegacia de Cáceres para as providências cabíveis.

Devido ao envolvimento de cinco menores no crime, uma equipe do Conselho Tutelar foi acionada par acompanhar o caso.

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3