Cuiabá, 29 de Maio de 2024

POLÍCIA Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017, 09:29 - A | A

24 de Novembro de 2017, 09h:29 - A | A

POLÍCIA / INVESTIGAÇÃO

Polícia prende 3 pessoas ligadas a sequestrador de empresária

Da Redação



Ilustrativa

pjc

 

Um traficante e um casal que usava rádio comunicador na freqüência da Polícia foram presos nesta quinta-feira (23), durante as buscas aos foragidos do sequestro da empresária, Milene Falcão Eubank, e também do acusado de atirar contra o investigador Sidney Ribeiro dos Santos, lotado na Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva).

 

As buscas são realizadas por policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos (Derrfva), Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), Gerência de Operações Especiais (GOE), Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPAER), Delegacia de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) e integrantes de outras unidades da Diretoria Metropolitana.

 

O casal, Y.R.M., 18 anos, e E.L.S.M., 20, foram flagrados em poder do rádio-comunicador. Ambos estavam próximos ao local onde denúncias davam conta do esconderijo de Kelves Gonçalves da Silva, acusado de atirar contra o investigador.   

 

No momento da abordagem, o rádio-comunicador, apreendido em poder Y.R.M., estava na frequência da Polícia. A conduta é considerada crime de violação de sigilo radioelétrico.

 

Os dois foram conduzidos a Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículo Automotor (Derrfva) e responderam termo circunstanciado de ocorrência (TCO).

 

Já o traficante L.M.S. é suspeito de auxiliar Kelves a se esconder da Polícia. O suspeito foi detido no Bairro Serra Dourada, em Cuiabá, com uma porção de cocaína, outra de maconha e duas munições, uma calibre 40 e outra 38. Ele foi autuado em flagrante por tráfico e associação para o tráfico de drogas, posse irregular de munição de uso restrito (calibre 40) e permitido (calibre 38). 

 

“As buscas dos participantes do sequestro e do grave crime contra o policial civil continuarão por tempo indeterminado, até a localização e prisão dos suspeitos”, disse o delegado Marcelo Martins Torhacs.

 

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3