Cuiabá, 28 de Maio de 2024

POLÍCIA Terça-feira, 20 de Junho de 2017, 11:27 - A | A

20 de Junho de 2017, 11h:27 - A | A

POLÍCIA / FATALIDADE

Preso caminhoneiro que atropelou e matou dois indígenas em MT

Wellyngton Souza / Única News



(Foto: Divulgação)

WhatsApp Image 2017-06-20 at 10.26.25.jpeg

 

Preso na tarde desta segunda (19), João Carlos de Oliveira Faria, de 55 anos, suspeito pela morte de dois indígenas da etnia Rikbaktsa, que foram vítimas de um atropelamento na MT-130 região de Brasnorte (a 580 km de Cuiabá).

 

Os indígenas que estavam em uma motocicleta foram atingidos por um caminhão na rodovia. O acidente ocorreu na noite da última terça (13). Segundo informações de testemunhas que passavam pelo local, o suspeito fugiu sem prestar socorro.

 

De acordo com a Polícia Civil de Pontes e Lacerda (a 442 km de Cuiabá), que efetuou a prisão de João Carlos, em depoimento ele afirmou que não prestou ajuda por medo de ser morto por outros indígenas que estava no local. Ele alegou ainda que a população mandou deixar o local do acidente para evitar confusão.

 

Os investigadores receberam informações de que o caminhão seria de Pontes e Lacerda. Após buscas no município e com a identificação da placa e modelo do veículo, o mesmo foi encontrado em uma oficina. O para-choque do veículo ficou parcialmente danificado.

 

A Polícia Civil de Brasnorte instaurou um inquérito para investigar a causa da morte das vítimas. Um terceiro indígena que também estava na motocicleta no momento da batida sofreu fraturas no braço e ainda deve ser ouvido pela polícia.

 

Após o atropelamento ele foi levado para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Juína (a 737 km da capital). O quadro de saúde dele é estável e assim que receber alta da unidade irá depor sobre o acidente. 

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3