Cuiabá, 19 de Maio de 2024

POLÍCIA Sexta-feira, 31 de Março de 2017, 08:36 - A | A

31 de Março de 2017, 08h:36 - A | A

POLÍCIA / VIOLENTO

Segunda vítima reconhece gari que estuprou mulher próximo ao córrego oito de abril

Por Suelen Alencar/ Única News



(Foto:PJC)

IMG-20170330-WA0026.jpg

 

O suspeito, Benhur Cezarino da Cunha, 32, preso na manhã de quinta-feira (30), por crime de estupro de uma jovem de 21 anos, foi reconhecido no estupro de uma segunda mulher. Segundo informações da polícia, o reconhecimento ocorreu na Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cuiabá, da Polícia Judiciária Civil.

 

Benhur Cezarino da Cunha foi preso em flagrante pela Polícia Militar, na madrugada da quinta-feira (30), após estuprar uma moça, nas proximidades do Córrego  8 de Abril, no bairro Porto, na Capital. Ele foi autuado por estupro e mantido preso depois de passar por audiência de custódia.

 

A equipe de pronto-atendimento para crimes sexuais da Delegacia da Mulher de Cuiabá, que já investigava o estupro de  outra mulher, uma jovem de 18 anos, ocorrido na segunda-feira (27), no bairro Santa Izabel, próximo a Avenida Ciriaco Cândia, apresentou a fotografia do suspeito para a vítima, que afirmou ser a pessoa que a estuprou e roubou seu celular.

 

A segunda vítima também reconheceu a tatuagem que o suspeito tem em um dos braços com a escrita “Salvador” “Fé em Deus”.

 

“O autor age com muita violência, é usuário de drogas e comete o estupro seguido de roubo de pertences das vítimas”, disse a delegada Jozirlethe Magalhães Criveletto.

 

A delegacia ressalta a importância de outras possíveis vítimas, que tenham reconhecido o autor, compareçam, para formalizar os procedimentos de auto de reconhecimento, que serão juntados na investigação.

 

Leia mais

Homem chama mulher para "passear" e a estupra no matagal

Jovem sofre estupro ao retornar para casa em Cuiabá

FAÇA PARTE DE NOSSO GRUPO NO WHATSAPP E RECEBA DIARIAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS!

GRUPO 1  -  GRUPO 2  -  GRUPO 3